Categorias


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Bayer Janssen MSD Mundipharma Takeda Astellas UICC GBT Abbvie Ipsen Danone Nutricia Sanofi Grunenthal Sirtex


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

O que os pacientes com câncer devem saber sobre o coronavírus?

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 24/06/2020 - Data de atualização: 24/06/2020


O novo coronavírus deixou todos em alerta, principalmente pacientes com doenças pré-existentes, obesos, fumantes e, principalmente, pacientes oncológicos que caso infectados podem ter que pausar o tratamento contra o câncer.

A Oncologista Clínica do São Cristóvão Saúde, Walkiria Tamelini explica quais os cuidados e perigos esses pacientes podem enfrentar quando infectados com o novo coronavírus.

Pessoas em tratamento oncológico que contraírem a Covid-19, podem ter um agravamento da doença devido à baixa imunidade decorrente do tratamento.

“Um estudo divulgado pela OMS – Organização Mundial da Saúde, que traz dados referentes a pandemia na China, avaliou 1.276 pacientes em 3 hospitais em Wuhan.

Destes 2,2% de pacientes com câncer tiveram uma prevalência, sendo que 78% deles necessitaram de tratamentos complementares, e 35% ventilação mecânica. A mortalidade pelo novo Coronavírus nesses pacientes foi de 5,6% enquanto a mortalidade geral foi de 2,3% (estudo retrospectivo).

Porém, este estudo foi questionado, devido à não inclusão de pacientes com neoplasias hematológicas (leucemias, mielomas múltiplos, linfomas) e pacientes após transplante de medula ósseas, pois seriam os mais suscetíveis à Covid-19 mais severa.”, disse a oncologista.

O tratamento contra a Covid-19 para pacientes oncológicos é o mesmo, a diferença é que as pessoas em tratamento contra o câncer, devem interromper o mesmo pelo tempo necessário e instituir o procedimento adequado para combater o novo coronavírus.

“Deste modo, quando o paciente receber alta, deverá aguardar no mínimo uma semana para reiniciar o tratamento oncológico com doses reduzidas ou suspensão temporária até a normalização dos exames. No caso da radioterapia, esta também deverá ser suspensa, porém, avaliado caso a caso, pois o adiamento não deve aumentar o risco da evolução do câncer.

Cirurgias que não envolvam risco para o paciente também poderão ser adiadas. Assim como quem recebe terapias imunossupressoras (reduz a atividade ou eficiência do sistema imunológico), se testarem positivo, sintomáticos ou não, também deverão interromper o tratamento.

Já os pacientes que recebem terapias hormonais orais, particularmente para câncer de mama, não há necessidade de interrupção.”, explicou a Walkiria Tamelini.

Os cuidados para pacientes oncológicos são os mesmo que todos devemos ter, como ficar em casa, evitar locais com muitas pessoas, manter o distanciamento social, evitar contato físico, lavar corretamente as mãos, usar máscaras, não compartilhar objetos de uso pessoal, entre outros.

“Pessoas com câncer, que estão em remissão e fora de tratamento oncológico ou apenas em seguimento, os cuidados deverão ser os mesmos que as pessoas com mais de 60 anos, doenças pré-existentes como diabetes melittus, cardiopatias e outras doenças crônicas.

Independente da idade, quem passou por cirurgia ou após tratamentos recentes de radioterapia e quimioterapia, os cuidados deverão ser redobrados.”, afirmou a oncologista.

“Na Anete Clin, área de oncologia do São Cristóvão Saúde, temos definidas algumas medidas preventivas aos que estão em tratamento de quimioterapia.

Na véspera do tratamento, os pacientes são contactados pela equipe com perguntas básicas sobre sintomas, estado febril e se possui contatos com familiares próximos portadores da Covid-19.

No dia da aplicação, os pacientes são novamente reavaliados, com a medição da temperatura corporal, antes de adentrar ao espaço destinado a quimioterapia e são orientados a usar máscara, higienizar as mãos com água e sabão e usar o álcool gel disponível no local.”, finalizou.

Fonte: Healthcare Management

As opiniões contidas nas matérias divulgadas refletem unicamente a opinião do veículo, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte do Instituto Oncoguia.



Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2020 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive