Especial

Qualidade de vida


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Bayer Janssen MSD ACS Mundipharma Takeda Susan Komen Astellas UICC Libbs Healthy Americas GBT Abbvie Ipsen Shire


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

O Homem Solteiro e o Câncer

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 16/02/2016 - Data de atualização: 16/02/2016


Passar pelo tratamento contra o câncer pode ser muito difícil para um homem que não tem uma/um companheira/o a algum tempo. Você pode não ter um amigo ou familiar que possa estar junto, como poderia ser sua/seu parceira(o). Você também pode se preocupar em como o/a atual ou o/a futuro/a parceiro/a irá reagir quando souber que você já teve câncer. Muitos homens ficam tensos e ansiosos após o tratamento por terem que usar medicamentos para ajudar com suas ereções. Essa ansiedade pode levá-los a evitar encontros. Isto leva a mais ansiedade, que se torna um círculo vicioso, levando a necessidade de evitar cada vez mais outros encontros. Muitos homens solteiros que começam um relacionamento após o tratamento encontraram em suas/seus parceiras(os) compreensão com sua situação sexual e a doença. Muitos desses homens têm novos relacionamentos duradouros.

Algumas cicatrizes deixadas pelos tratamentos podem ser visíveis, como perda de cabelo durante a quimioterapia, amputação de um membro ou o rosto desfigurado. Outras não podem ser vistas, como, por exemplo, não dá para saber se um homem andando na rua tem uma colostomia ou apenas um testículo. Estas cicatrizes podem ser apenas a dor de sentir que devem ser aceitos.

Talvez a mais profunda cicatriz deixada pelo câncer é como você se vê!

Quando falar sobre o Câncer


É sempre uma escolha delicada o momento de contar para sua/seu parceira(o) sobre seu câncer. Idealmente, um casal deve discutir a doença quando o relacionamento começa a ficar sério.

Como começar

Tente falar quando estiverem relaxados e com um clima favorável. Pergunte a sua/seu parceira(o) uma questão que deixe espaço para muitas respostas. Uma pergunta que lhes dá a chance de considerar as novas informações e respostas. Isso também ajuda a ver como seu/sua parceiro/a assume a notícia.

Uma maneira é apenas mencionar o fato seguido de uma pergunta. "Eu me sinto bem com você e gosto do rumo que nosso relacionamento está tomando, mas preciso que você saiba que tive câncer. Como você acha que isso pode afetar nossa relação? "Você também pode revelar seus sentimentos, como: "Eu tinha câncer anos atrás. Acho que não quero falar disso porque tenho medo de que termine nossa relação. Também me assusta lembrar disso, mas preciso que você saiba sobre o câncer. O que você pensa e sente sobre eu ter tido câncer?”

Possibilidade de Rejeição


A realidade é que você pode ser rejeitado por causa do câncer ou do tratamento da doença. Claro, quase todo mundo é rejeitado alguma vez. Mesmo sem câncer, as pessoas já rejeitam devido a seus próprios problemas, crenças e personalidade. Mas, a triste verdade é que algumas pessoas que tiveram ou têm câncer se limitam a não iniciar qualquer relacionamento. Em vez de se concentrarem em seus pontos positivos, se convencem de que nenhum parceiro os aceitaria por causa da doença ou dos efeitos colaterais do tratamento. Você pode evitar ser rejeitado ficando em casa, mas você também perde a chance de construir um relacionamento feliz e saudável.

Algumas dicas para ajudá-lo a falar do câncer:

  • Conte sobre suas cicatrizes na região genital, uma ostomia ou problemas sexuais quando sentir que a pessoa já aceita e gosta de você pelo que você é.
  • Discuta a doença com detalhes apenas quando um novo relacionamento começar a ficar sério, especialmente se você tem problemas de fertilidade.
  • Prepare-se para a possibilidade de rejeição: imagine a pior reação possível e como você responderia. Mas, não deixe que o medo da rejeição tome conta de você.

Quando você se sentir confiante, com autoestima elevada e capaz de lidar com a rejeição, você está pronto para o mundo real. Nesse momento, você estará aberto para conhecer outras pessoas ou até marcará um encontro, isso faz parte de um processo de aprendizagem.

Melhorando a Vida Social


Tente também melhorar sua vida social. Pessoas solteiras podem evitar ficar sozinhas. Faça um esforço para chamar amigos, planejar visitas e outras atividades. Envolva-se em aulas, grupos ou um hobby.


Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2019 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive