Tipos de Câncer

Câncer de Estômago


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Bayer Janssen MSD Mundipharma Takeda Astellas UICC GBT Abbvie Ipsen


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

O Estômago

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 24/05/2014 - Data de atualização: 30/08/2017


O estômago está localizado na parte superior do abdome e desempenha um papel central na digestão dos alimentos. Quando o alimento é engolido, ele desce pelo esôfago e chega ao estômago. Os músculos do estômago misturam os alimentos e liberam o suco gástrico que ajuda na digestão dos mesmos. Em seguida o alimento passa ao intestino delgado para a digestão.

O estômago é formado por cinco partes:

  • Cárdia. A primeira parte do estômago (próxima do esôfago).
  • Fundo. Parte superior do estômago, junto à cárdia.
  • Corpo. Parte principal do estômago, entre as partes superior e inferior.
  • Antro. Porção inferior (perto do intestino delgado), onde o alimento é misturado com o suco gástrico.
  • Piloro. Última parte do estômago, age como uma válvula para controlar o esvaziamento do conteúdo do estômago para o duodeno.

As três primeiras partes do estômago (cárdia, fundo e corpo) são denominadas de estômago próximo. Algumas células destas regiões do estômago produzem ácido e pepsina (uma das enzimas digestivas), partes do suco gástrico, que ajudam na digestão dos alimentos. Elas também produzem a proteína denominada fator intrínseco, que o organismo precisa para absorver a vitamina B12.

As duas partes inferiores (antro e piloro) são denominadas de estômago distal. O estômago tem duas curvas, que formam sua parte superior e as bordas inferiores. Elas são denominadas de curvatura menor e curvatura maior, respectivamente.

Outros órgãos próximos ao estômago incluem o cólon, fígado, baço, intestino delgado, e pâncreas.

A parede do estômago está formada pelas seguintes partes:


  • Mucosa. A camada mais interna, onde as enzimas digestivas e o ácido estomacal são produzidos. A maioria dos cânceres de estômago se iniciam nesta camada.

  • Submucosa. A camada de suporte.

  • Muscularis Própria. Uma espessa camada de músculo que mistura o conteúdo do estômago.

  • Serosa e Subserosa. Duas camadas exteriores, que revestem o estômago.

As camadas são importantes para determinar o estadiamento da doença e prognóstico do paciente. Quando o tumor se desenvolve a partir da mucosa para as camadas mais profundas, o estadiamento torna-se mais avançado e o prognóstico não é tão bom.

Fonte: American Cancer Society (10/02/2016)

Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2020 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive