top
Pacientes

Colunistas


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Boehringer Eisai Bayer Janssen MSD ACS Mundipharma Takeda Susan Komen Astellas UICC Libbs Healthy Americas GBT


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

O câncer volta a bater na nossa porta: e perde de novo!!

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 08/02/2017 - Data de atualização: 08/02/2017


O destino parecia pregar uma peça. A minha mãe, que por anos a fio se dedicou a me acompanhar durante as longas internações, e que por muitas vezes dormiu em cadeiras, comeu em marmitas, sem qualquer conforto, para estar ao lado do filho doente, é agora surpreendida com um câncer de mama.

Ah, como sou pretensioso. Sempre tive orgulho de falar e pregar que a fé e otimismo são fundamentais para o sucesso do tratamento. Acreditem, muito mais fácil quando acontece com a gente em relação a um ente querido. Como é mais fácil!

Era 2 de janeiro de 2017,  voltando da viagem de Reveillón com amigos, lá estava ela aguardando para buscar o filho e a nora no aeroporto, e de imediato as novidades. As novidades não, a novidade do primeiro dia útil do ano: câncer de mama.

Aquela história de que em 2017 seriam só notícias boas ruiu no primeiro dia do ano. O susto foi grande demais, e o choro instantâneo – confesso. Um choro cheio de vergonha, pois durante os 5 anos de tratamento contra a leucemia, ela não vacilou nenhuma vez, nenhum choro em mais de 1500 dias. Não na minha frente.

Bastou a notícia para desaparecer toda aquela fé e confiança. Que vergonha Gabriel… Bom, tomei uma dose de "simancol” rapidamente e logo vi que deveria dar a ela ao menos 1% do que recebi (e não aquele 1% vagabundo). Vamos à luta, entender o seu processo, e partir para a cura.

A cirurgia foi hoje, e estava especialmente nervoso, pois perdemos o controle da situação. Queremos fazer as vezes de Deus ao invés de colocarmos nas mãos dele. Quanta perda de tempo…

Vejam a importância da prevenção. Como ela faz exames de rotina semestralmente, muito por conta de idêntico diagnóstico da Tia Solange (sim, ela também venceu!), o câncer foi diagnosticado em estágio inicial.

E hoje comemoramos o sucesso da cirurgia, que extraiu com segurança todo o tumor. Amanhã, a eterna acompanhante – hoje paciente, voltará para casa, não tendo em nenhum momento cogitado tristeza, desânimo ou falta de fé. Parecia que estava indo tirar uma unha encravada, de tão tranquila. Uma lição para todos nós! Tenho muito orgulho e muito a aprender com você mãe. Te amo muito.

Não dá pra deixar de falar do Neto, um grande amigo que nunca fez muita coisa. Só é o melhor jogador de futsal do mundo reconhecido pela FIFA, mais nada. A danada (digo, abençoada – aprendi ser o termo mais apropriado) pretendia dar o ar da sua graça na vida do Neto, mas achou o cara errado. Neto, saiba que receber sua ligação após a cirurgia, e ver a forma como está lidando com o percalço traz a convicção de que tudo isso será passageiro, e ficarão os ensinamentos para toda uma vida. Você tem uma família especial e amigos que são seus fãs não pelo que joga, mas pela pessoa que é. Fica firme meu irmão.

Sempre disse e não tenho receio de repetir: sou extremamente grato à leucemia, instrumento de Deus que transformou todas as áreas da minha vida. Se pudesse escolher, escolheria passar por tudo de novo, sem a menor sombra de dúvidas.

Por fim, aproveito para informar que já posso parar na vaga de idosos. Hahaaha.  Estou andando de muletas, com catarata nos 2 olhos, e terei que colocar prótese de quadril nas 2 pernas em razão da necrose avascular em ambos os fêmures. Quatro cirurgias decorrentes do uso de corticoides em altas doses por muito tempo. Peixe pequeno "pá nóis”.

Quero nos próximos posts tirar os estigmas que envolvem a implantação de próteses, explicar os modelos existentes, a indicação para cada caso. Também sobre a catarata, mais comum em pessoas mais velhas, mas que já está bem evoluída no meu caso. Parece que tá nublado o dia inteiro hahahaah.

Bom, são essas as boas novas, que reforçam a ideia de que nessa vida não adianta poupar de mais (vive pobre e morre rico), estressar demais (aqui ainda levo umas pancadas), e levar tudo a ferro e fogo demais, pois a nossa existência é mais frágil que amizade de político na hora da delação premiada.

Fiquem com Deus, e vamos adiante.
Gabriel Massote



Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2017 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive