Categorias


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Bayer Janssen MSD ACS Mundipharma Takeda Susan Komen Astellas UICC Libbs Healthy Americas GBT Abbvie Ipsen Shire


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

O câncer de mama também afeta homens?

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 04/10/2019 - Data de atualização: 04/10/2019


A campanha outubro rosa visa conscientizar a população da importância do diagnóstico precoce e prevenção do câncer de mama - Marijana1/Pixabay

Nesta semana, o empresário Mathew Knowles, pai da cantora Beyoncé, revelou em entrevista ao programa americano Good Morning America que foi diagnosticado com câncer de mama e, com o anúncio, disse querer alertar outros homens para a doença.

Homens podem, sim, ter câncer de mama, embora mais raramente do que as mulheres. Um dos fatores que explicam a diferença é que eles têm menos tecido mamário e hormônios que ajudam as glândulas mamárias a se proliferar. De acordo com dados mais recentes, divulgados pelo Inca (Instituto Nacional de Câncer), homens representam cerca de 1% de todos os casos de câncer de mama registrados no Brasil.

Em 2016, mais de 16 mil mulheres morreram devido à doença no Brasil. Entre os homens, o número de mortes foi de 185. A incidência da doença entre as mulheres era de 54,6 por 100 mil, enquanto nos homens era 0,4.

Homens que têm parentes de primeiro grau que tiveram a doença fazem parte do grupo com maior risco da doença. A família pode ter os genes BRCA1 ou BRCA2, que estão ligados à predisposição genética para o câncer de mama. 

Além disso, também correm maior risco homens com condições médicas como alcoolismo, obesidade e doenças do fígado. O diagnóstico precoce é a principal forma de prevenir as complicações da doença. 

Os sintomas são similares aos do câncer de mama feminino. Pode ocorrer vermelhidão acompanhada ou não de dor recorrente em uma das mamas, surgimento de caroços próximo ao mamilo, secreção pelo mamilo e o aparecimento de nódulos nas axilas. 

As opções de tratamento também não divergem do que é oferecido às mulheres. De acordo com o Inca, a cirurgia mais comum é a mastectomia com esvaziamento axilar, que é a retirada da mama (normalmente completa) e dos nódulos da axila. Além disso, também é possível a indicação de quimioterapia e radioterapia. O tratamento varia de caso para caso. 

Knowles retirou uma das mamas em julho e deve retirar a segunda em janeiro de 2020. Em sua entrevista, o empresário falou sobre a mudança de perspectiva que a doença trouxe para sua vida. Agora, ele busca se exercitar com regularidade e não consome mais bebidas alcoólicas.

Fonte: Folha de S.Paulo

As opiniões contidas nas matérias divulgadas refletem unicamente a opinião do veículo, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte do Instituto Oncoguia.



Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2019 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive