Tipos de Câncer

Leucemia Mielomonocítica Crônica (LMMC)


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Bayer Janssen MSD ACS Mundipharma Takeda Susan Komen Astellas UICC Libbs Healthy Americas GBT Abbvie Ipsen Shire


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

Novidades no Tratamento da Leucemia Mielomonocítica Crônica (LMMC)

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 26/05/2014 - Data de atualização: 04/10/2017


Muitas pesquisas sobre Leucemia Mielomonocítica Crônica (LMMC) estão em desenvolvimento em diversos centros médicos no mundo inteiro, promovendo grandes avanços em prevenção, detecção precoce e tratamentos:

  • Genética

Os pesquisadores fizeram grandes progressos na compreensão de como as mudanças no DNA podem tornar as células normais da medula óssea em células leucêmicas.

Alguns estudos descobriram que as mudanças na estrutura ou atividade de determinados genes nas células da LMMC podem prever o prognóstico dos pacientes e quais deles têm probabilidade de desenvolver leucemia aguda.

Conforme mais informações se obtém dessa pesquisa, podem ser utilizadas na concepção de novos medicamentos ou, eventualmente, no desenvolvimento da terapia gênica. Essa abordagem substitui o DNA anormal das células cancerosas por DNA sem alterações, para restaurar o controle normal do crescimento celular.

  • Quimioterapia

Novos medicamentos continuam sendo desenvolvidos e testados para encontrar a combinação mais eficaz de quimioterápicos, de modo a evitar efeitos colaterais desnecessários. No momento, o azacitidina, um medicamento oral, está sendo testado para determinar se os pacientes com determinadas características prognósticas desfavoráveis ​​se beneficiarão de uma quimioterapia mais agressiva.

  • Transplante de Células Tronco

Os pesquisadores continuam aprimorando este procedimento para aumentar sua eficácia, reduzir as complicações e determinar quais pacientes são susceptíveis de serem tratados.

Fonte: American Cancer Society (17/02/2016)

Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2019 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive