Tipos de Câncer

Sarcoma de Kaposi


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Bayer Janssen MSD ACS Mundipharma Takeda Susan Komen Astellas UICC Libbs Healthy Americas GBT Abbvie Ipsen Shire


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

Novidades no Tratamento do Sarcoma de Kaposi

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 07/02/2014 - Data de atualização: 11/02/2017


Muitas pesquisas sobre sarcoma de Kaposi estão em desenvolvimento em diversos centros médicos no mundo inteiro, promovendo grandes avanços em prevenção, detecção precoce e tratamentos:

  • Prevenção

Provavelmente, o maior avanço na prevenção do sarcoma de Kaposi relacionado a AIDS tenha sido o desenvolvimento de drogas para o controle da infecção por HIV e AIDS. Isso reduziu as chances de aparecimento do sarcoma de Kaposi.

Exames para diagnosticar o vírus herpes do sarcoma de Kaposi (KSHV), que provoca o sarcoma de Kaposi, poderiam ajudar a gerenciar os pacientes em risco para a doença incluindo aqueles infectados com HIV ou os transplantados que usam medicamentos para suprimir o sistema imunológico.

Vários medicamentos usados ​​para tratar o herpes e o citomegalovírus (CMV) também podem ajudar a tratar infecções SKHV. Estes medicamentos bloqueiam as células infectadas com KSHV de produzir o vírus. Estes medicamentos parecem reduzir o risco de desenvolvimento do sarcoma de Kaposi, em pacientes de alto risco, embora não trate a doença, uma vez que ela já se desenvolveu.

  • Tratamento

Os pesquisadores estão estudando novas e diferentes formas de tratar a doença.

O imiquimod é um medicamento tópico que modula o sistema imunológico, e que pode aplicado na pele para tratar determinados tipos de verrugas. Já existem relatos que este medicamento está ajudando a reduzir lesões de pele devido ao sarcoma de Kaposi.

As lesões do sarcoma de Kaposi dependem da formação de novos vasos sanguíneos para seu desenvolvimento. Os inibidores da angiogênese, que bloqueiam o crescimento dos vasos sanguíneos nos tumores, podem ajudar a tratar essas lesões. Por exemplo, em um estudo, o bevacizumab se mostrou hábil em reduzir ou barrar o crescimento de algumas lesões do sarcoma de Kaposi. Outros estudos com esse medicamento e de outros inibidores da angiogênese estão em andamento.

Estimular o sistema imunológico é outra abordagem promissora para o tratamento de sarcoma de Kaposi. O interferon alfa foi usado por muitos anos para tratar o sarcoma de Kaposi, embora hoje seu uso seja limitado em função de seus efeitos colaterais. Estudos com medicamentos similares, como a interleucina -12 (IL-12), têm mostrado resultados promissores.

Os agentes imunomoduladores que estimulam o sistema imunológico e afetam o crescimento dos vasos sanguíneos, podem ser úteis contra o sarcoma de Kaposi. Em estudos prévios, a talidomida mostrou ser capaz de diminuir algumas lesões, mas seus efeitos colaterais tornam inviável seu uso. Medicamentos relacionados, como a lenalidomida e o pomalidomida, que tendem a ter menos efeitos colaterais, já estão sendo estudados.

Uma série de medicamentos estão sendo estudados para uso contra o sarcoma de Kaposi, incluindo bortezomibe, imatinibe e sorafenibe.

Certamente, a pesquisa sobre vacinas para o HIV e as drogas antirretrovirais também podem ter um grande impacto sobre o sarcoma de Kaposi relacionado com a AIDS. O maraviroc é um medicamento antirretroviral atualmente em estudo para uso contra o sarcoma de Kaposi.

O KSHV também oferece um novo alvo para os medicamentos para sarcoma de Kaposi e terapia biológica. Estudos clínicos estão avaliando se as terapias antivirais que têm como alvo o KSHV podem ser utilizadas para o sarcoma de Kaposi.

Fonte: American Cancer Society (09/02/2016)

Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2019 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive