Tipos de Câncer

Câncer de Cavidade Nasal e Seios Paranasais


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Amgen Pfizer AstraZeneca Bayer Janssen MSD Mundipharma Takeda Astellas UICC GBT Abbvie Ipsen Sanofi Grunenthal Daiichi Sankyo


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

Novidades no tratamento do câncer de cavidade nasal e seios paranasais

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 29/10/2015 - Data de atualização: 16/07/2021


Muitas pesquisas sobre câncer de cavidade nasal e seios paranasais estão em desenvolvimento em diversos centros médicos no mundo inteiro, promovendo grandes avanços em prevenção e tratamentos.

  • Alterações genéticas

As tendências hereditárias para o câncer de cavidade nasal e seios paranasais não são conhecidas, mas os pesquisadores estão encontrando algumas alterações nos genes destes tipos de tumores que ocorrem durante a vida do paciente. Estas alterações transformam as células normais em células cancerígenas

O entendimento dessas mudanças genéticas pode ajudar no desenvolvimento de melhores métodos de diagnóstico da doença, bem como tratamentos mais eficazes com menos efeitos colaterais do que os disponíveis atualmente.

Por exemplo, foi encontrado um novo tipo de câncer de cavidade nasal e seios paranasais, denominado carcinoma NUT. NUT significa que o gene NUTM1 é anormal e provoca esse tipo de câncer que se desenvolve na cavidade nasal e nos seios paranasais. Estudos estão avaliando se determinadas terapias-alvo podem ser usadas contra esse gene.

  • Cirurgia

Os pesquisadores estão buscando novas formas e técnicas para a retirada desse tipo de tumor, de modo a preservar o máximo possível do tecido normal. Também estão avaliando como combinar a cirurgia com outros tratamentos para obter melhores resultados.

Estudos estão avaliando maneiras de reconstruir as partes ósseas afetadas do rosto e a melhor maneira de fazê-lo.

  • Radioterapia

Os pesquisadores estão sempre buscando novas maneiras de administrar a radioterapia com mais precisão diretamente nos tumores para reduzir os efeitos colaterais nas áreas adjacentes. Isso é especialmente importante para os tumores de cabeça e pescoço, como câncer de cavidade nasal e seios paranasais, onde muitas vezes existem estruturas importantes próximas ao tumor que devem ser preservadas.

A radioterapia de intensidade modulada (IMRT) é o tipo mais usado no tratamento dos tumores de cavidade nasal e seios paranasais. Pesquisas mostram que a terapia com feixes de prótons é tão eficaz quanto a IMRT.

Diferentes esquemas de administração da radioterapia também estão sendo avaliados. Por exemplo, em vez de administrar uma dose única diariamente, o tumor pode ser melhor controlado com a mesma dose de radiação administrada seis dias por semana em vez de cinco, em um período mais curto de tempo (fracionamento acelerado).

  • Quimioterapia

Os médicos estão avaliando como a quimioterapia pode ser usada com outros tratamentos para potencializar os resultados, especialmente para tumores maiores que já podem estar disseminados. A quimioterapia de indução (administrada antes da cirurgia e/ou radioterapia) é aquela que estudos sugerem que pode preservar o globo ocular em pacientes com doença avançada. Também está relacionada ao aumento da sobrevida. Estudos também estão avaliando se a administração regular da quimioterapia após a cirurgia (quimioterapia adjuvante) é eficaz para evitar a recidiva da doença.

  • Terapia-alvo

Alguns ensaios clínicos estão estudando várias terapias-alvo, que bloqueiam a ação de substâncias, como os fatores de crescimento e receptores do fator de crescimento, que agem no desenvolvimento e disseminação dos tumores de cabeça e pescoço. O cetuximabe já é usado em alguns casos. Muitos estudos estão avaliando combinações da terapia-alvo com quimioterapia ou radioterapia. Como vem acontecendo com outros tipos de câncer, a terapia-alvo poderá ser um grande avanço no tratamento dos pacientes com tumores de cavidade nasal e seios paranasais.

  • Imunoterapia

A imunoterapia vem sendo estudada para outros tipos de câncer de cabeça e pescoço, como câncer de laringe e hipofaringe. Entretanto, ainda não existem muitas informações sobre seu uso para o câncer de cavidade nasal ou seios paranasais.

Texto originalmente publicado no site da American Cancer Society, em 19/04/2021, livremente traduzido e adaptado pela Equipe do Instituto Oncoguia.

Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2022 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive