Tipos de Câncer

Leucemia Mielomonocítica Crônica (LMMC)

Categorias


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Bayer Janssen MSD ACS Mundipharma Takeda Susan Komen Astellas UICC Libbs Healthy Americas GBT Abbvie Ipsen Shire


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

Mudanças no Estilo de Vida após Leucemia Mielomonocítica Crônica

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 27/09/2015 - Data de atualização: 04/10/2017


Você não pode mudar o fato de você ter tido leucemia mielomonocítica crônica (LMMC), mas pode mudar o seu modo de vida. Faça escolhas saudáveis, sinta-se bem, reveja seus objetivos, encare a vida de uma nova forma.

Faça Escolhas Saudáveis


O diagnóstico da LMMC faz com que a maioria dos pacientes passe a ver a vida sob outra perspectiva. Muitos começam a se preocupar com a saúde, tentam alimentar-se melhor, levar uma vida menos sedentária, tentam maneirar no álcool ou param de fumar. Não se estresse com pequenas coisas. É o momento de reavaliar a vida e fazer mudanças. Se preocupe com sua saúde.

  • Alimente-se Bem

Comer bem pode ser difícil para qualquer pessoa, mas pode ser ainda mais difícil durante o tratamento da leucemia mielomonocítica crônica. Tente não se preocupar com a mudança no paladar ou o possível ganho ou perda de peso devido ao tratamento.

Se você está perdendo peso ou tem dificuldade para comer nesse período, faça o melhor que puder. Coma o que lhe apeteça e a quantidade que conseguir. Você pode determinar que nessa fase o melhor é fazer pequenas refeições a cada 2 a 3 horas até se sentir melhor. Este não é o momento para restringir sua dieta. Tenha em mente que estes problemas geralmente melhoram com o tempo. Você poderá ser encaminhado a um nutricionista que pode sugerir algumas opções sobre como combater alguns dos efeitos colaterais do tratamento.

  • Exercícios, Cansaço e Repouso

A sensação de estar sempre cansado é muito comum em pacientes em tratamento de LMMC. Porém é um tipo de cansaço diferente, que não melhora após um período de descanso. É uma espécie de fadiga e uma das maneiras de reduzir essa sensação é justamente buscar se exercitar, mesmo sendo difícil. Alguns estudos mostram que os pacientes que praticam exercícios se sentem mais disposição, além de se sentirem melhor física e emocionalmente.

Benefícios da atividade física:

  • Melhora o condicionamento cardiovascular.
  • Aliada a uma boa dieta, ajuda na perda de peso.
  • Melhora a musculatura.
  • Reduz a fadiga.
  • Pode diminuir a ansiedade e depressão.
  • Pode fazer com que você se sinta mais feliz e melhor consigo mesmo.

E a longo prazo, sabe-se que a prática regular de atividade física ajudar a diminuir o risco de alguns tipos de câncer, além de ter outros benefícios para a saúde.

Fonte: American Cancer Society (17/02/2016)


Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2019 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive