Categorias


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Bayer Janssen MSD Mundipharma Astellas UICC Libbs GBT Abbvie Ipsen Sanofi Grunenthal Daiichi Sankyo


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

MP sobre tratamento oral contra o câncer é “grande avanço”, diz especialista

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 11/02/2022 - Data de atualização: 11/02/2022


O presidente da Sociedade Brasileira de Oncologia, Paulo Hoff, classificou a medida provisória (MP) que obriga os planos de saúde a cobrirem remédios orais contra o câncer como “um grande avanço.”

O texto foi aprovado pela Câmara dos Deputados na última quinta-feira (10), depois de aprovação no Senado com mudanças. Agora, o projeto irá à sanção presidencial.

Em entrevista à CNN, Hoff afirmou que o tratamento oral é “uma revolução” para o tratamento contra a doença e que a MP “vai acelerar a disponibilidade dos remédios.”

“É um grande avanço em relação ao que tínhamos. Ela prevê que a avaliação da Anvisa seja feita em até 6 meses e a ANS têm, após a aprovação, 10 dias para disponibilizar”, explicou, ao lembrar que o tempo, antes, poderia chegar a 3 anos.

O presidente da Sociedade Brasileira de Oncologia disse que é uma evolução importante: “Começamos com a quimioterapia, que tratava todo tipo de câncer da mesma maneira. Agora, chegamos no tratamento molecular, que reconhece que tumores têm origens diferentes e atua nesta origem. Justamente esses tratamentos têm vindo na forma oral.”

Hoff destaca que os remédios diminuem a toxicidade e melhoram a eficácia para o paciente. No entanto, ele admite que o custo ainda é muito alto e que “também deve ser debatido.”

O oncologista também reforçou que o câncer, hoje, “não é mais uma sentença de morte”: “Temos uma perspectiva muito melhor do que no passado, mais de 60% dos pacientes com diagnóstico venham a ser curados.”

Ele fez a ressalva de que a detecção precoce é essencial para o tratamento “mais eficiente e barato”, já que a medicação oral costuma ser utilizada para casos mais avançados da doença.

Fonte: CNN Brasil 



Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2022 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive