Categorias


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Bayer Janssen MSD Mundipharma Takeda Astellas UICC GBT Abbvie Ipsen Danone Nutricia


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

Ministério da Saúde oferece recursos para a prevenção e tratamento do câncer

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 08/02/2019 - Data de atualização: 08/02/2019


O mês de fevereiro é dedicado ao combate contra o câncer. Uma doença grave, que quando não diagnosticada precocemente leva os pacientes, em sua maioria, a óbito. Muito se fala em tratamento dos tumores, porém muitos se esquecem que falar em prevenção é a melhor forma de "se livrar" da doença. 

Estimular o consumo de alimentos frescos e ricos em nutrientes, reduzir o sedentarismo, além de evitar o uso abusivo de álcool e o tabagismo, por exemplo, podem contribuir na mudança dos comportamentos de risco para doenças crônicas, como o câncer. Por isso, o Ministério da Saúde trata esses temas como prioridade.

Desde 2011, os municípios recebem recursos financeiros para implantar o programa Academia da Saúde. Atualmente, o programa conta com mais 3.800 polos habilitados. Nesses locais, a população pode contar com uma infraestrutura e equipamentos adequados; e profissionais qualificados para promover práticas corporais e atividade física, promoção da alimentação saudável e educação em saúde. Além disso, a pasta adotou internacionalmente metas para frear o crescimento do excesso de peso e obesidade no país.

Outra ação para a promoção da alimentação saudável é o Guia Alimentar para a População Brasileira, do Ministério da Saúde. Em parceria com a Associação Brasileira das Indústrias da Alimentação (ABIA), o Ministério também conseguiu retirar mais de 17 mil toneladas de sódio dos alimentos processados em quatro anos.

Prevenção e tratamento 

O Sistema Único de Saúde oferta exames preventivos, como mamografia e papanicolau, e tratamento integral e gratuito para todos os tipos de câncer, seja paliativo, medicamentoso, cirurgias oncológicas, radioterapia e quimioterapia. Todos os hospitais do SUS, habilitados em oncologia, recebem mensalmente recursos federais para a compra e oferta de medicamentos. Em 2018, o Ministério da Saúde destinou R$ 5 bilhões para essas unidades.

O Ministério da Saúde também oferece gratuitamente outros sete medicamentos: a talidomida para o tratamento do mieloma múltiplo, do mesilato de imatinibe para a quimioterapia do tumor do estroma gastrointestinal (GIST), da leucemia mieloide crônica e da leucemia linfoblástica aguda cromossoma Philadelphia positivo; o trastuzumabe, para a quimioterapia do carcinoma de mama inicial e locorregionalmente avançado; o rituximabe, para a quimioterapia do linfoma difuso de grandes células B e do linfoma folicular; e o dasatinibe e onilotinibe para a quimioterapia da leucemia mieloide crônica de adultos.

Para o Brasil, foram estimados para 2018 e válidos para 2019, 417.010 novos casos de câncer (excluindo câncer de pele não melanoma). O de próstata ocupa o primeiro lugar geral e o primeiro entre os homens, com 68.220 novos casos. O de mama é o segundo total e o primeiro entre as mulheres com 59.700 novos casos. O do colo do útero ocupa o sexto lugar geral e o terceiro entre as mulheres, com 16.370 novos casos, enquanto as leucemias estão em nono lugar, com 10.800 novos casos, de acordo com o INCA.

Com informações do Ministério da Saúde.

Fonte: Folha Vitória

 

As opiniões contidas nas matérias divulgadas refletem unicamente a opinião do veículo, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte do Instituto Oncoguia.



Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2020 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive