Especial

Qualidade de vida


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Bayer Janssen MSD ACS Mundipharma Takeda Susan Komen Astellas UICC Libbs Healthy Americas GBT Abbvie Ipsen Shire


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

Mantenha sua Vida Sexual apesar do Tratamento

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 16/02/2016 - Data de atualização: 16/02/2016


Algumas dicas que podem ajudar, durante ou após o tratamento de câncer:

  • Lidando com os efeitos colaterais do tratamento sobre a sexualidade - Converse com seu médico sobre o que você deve esperar, para planejar como lidar com essas questões.

  • Independente do tipo de tratamento, você ainda pode sentir prazer - Alguns tratamentos,  exceto os que afetam algumas áreas do cérebro ou da medula espinhal, danificam nervos e músculos envolvidos no prazer. Por exemplo, alguns tipos de tratamento podem danificar a capacidade de um homem ter ereções. Mas, a maioria dos homens que não podem ter ereções ou produzir sêmen pode ainda ter orgasmos com formas específicas de toque. Prazer e satisfação são possíveis, mesmo se alguns aspectos da sexualidade mudaram.

  • Tenha a mente aberta para outras formas de sentir prazer - Alguns casais têm uma visão estreita do que a atividade sexual significa para eles, podendo se sentirem frustrados. Mas, para pessoas tratadas contra o câncer, pode haver momentos em que a relação sexual não é possível. Essa pode ser uma oportunidade para aprender novas formas de proporcionar e receber prazer. Você e sua/seu parceira(o) podem se ajudar mutuamente. Às vezes, só as carícias podem ser prazerosas. Não evite o prazer sexual só porque mudou sua rotina habitual.

  • Seja claro - O pior inimigo da saúde sexual é o silêncio. Se você está envergonhado para perguntar ao seu médico se pode ter relações sexuais com sua/seu parceira(o) você nunca vai saber. Converse com seu médico e comunique à sua/seu parceira(o) o que você aprendeu. Caso contrário, sua/seu parceira(o) terá receio de ter relações para evitar machucá-lo. Se você se sentir fraco ou cansado e deseja que sua/seu parceira(o) assuma um papel mais ativo fale para ela(e). Se alguma parte do seu corpo se encontra sensível ou dolorida, você pode guiar a/o sua/seu parceira(o) para obter o maior prazer e evitar desconforto.

  • Aumente sua confiança - Lembre-se das suas qualidades. Se você perder seu cabelo, ajude a se sentir melhor, por exemplo, raspando a cabeça. Ou use diferentes tipos de chapéus até encontrar um com que se sinta confortável. Alimentar-se bem e praticar exercícios ajudam a manter o corpo e o espírito bem. Converse com seu médico sobre os tipos de exercícios recomendados para você. Busque algo que o ajuda a relaxar, como filmes, hobbies ou simplesmente ficar ao ar livre. Se você acha que está deprimido ou se a ansiedade está causando problemas, procure assistência profissional.


Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2019 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive