Categorias


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Bayer Janssen MSD ACS Mundipharma Takeda Susan Komen Astellas UICC Libbs Healthy Americas GBT Abbvie Ipsen Shire


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

Lidando com o câncer metastático

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 30/05/2019 - Data de atualização: 30/05/2019


Metástase é quando o câncer se dissemina para outras áreas do corpo, diferente do câncer localmente avançado, que é aquele que se disseminou apenas para os tecidos adjacentes ou linfonodos.
 
Câncer metastático

A palavra “metastático” pode parecer confusa, mas o termo metástase se refere apenas quando as células cancerígenas se disseminam e formam um novo tumor em um órgão longe do sítio primário. Esse tumor é denominado metastático e suas células são originárias e mantém as características das células do tumor do sítio original. Isso significa, por exemplo, que se o câncer de mama se disseminou para o osso não é um tumor de osso, mas sim um câncer de mama metastático.

O que significa ter câncer metastático?

No passado, as pessoas não costumavam viver muito tempo com câncer metastático. Mesmo com os melhores tratamentos de hoje, a recuperação nem sempre é possível, mas, muitas vezes, o câncer pode ser tratado, mesmo que não seja possível a sua cura. Uma boa qualidade de vida é possível por meses ou até anos.

Tratamento do câncer metastático

O tratamento depende do tipo de câncer, das opções de tratamento disponíveis e das preferências individuais de cada paciente. Também depende da idade, estado geral de saúde, tratamento realizados, além de outros fatores. Os tratamentos para o câncer metastático incluem cirurgia, quimioterapia, hormonioterapia, imunoterapia e radioterapia.

Objetivos do tratamento

Para muitos pacientes, o objetivo do tratamento é curar a doença. Entretanto, com câncer metastático, a cura da doença pode não ser uma meta realista. Nestes casos, o objetivo do tratamento é ajudar o paciente a viver da melhor maneira pelo maior tempo possível. Esse objetivo pode ser dividido em 4 partes:

  • Ter o mínimo possível de efeitos devido ao câncer.
  • Ter o mínimo possível de efeitos colaterais do tratamento do câncer.
  • Ter a melhor qualidade de vida.
  • Viver o maior tempo possível com a doença.

Cada paciente valoriza esses itens de uma forma diferente. É importante informar seu médico sobre o que é mais importante para você.

O tratamento para o câncer metastático pode ajudar o paciente a viver mais e a se sentir melhor, porém fazer o tratamento é sempre uma decisão individual.

Vivendo com câncer a longo prazo

O câncer metastático pode ser tratado, mas a situação de um paciente com a doença é similar a de alguém com uma doença crônica, como, por exemplo, diabetes tipo 1, insuficiência cardíaca congestiva ou esclerose múltipla. Essas doenças podem ser tratadas, mas não curadas.

Os desafios de viver com câncer

Viver com câncer metastático é um desafio. Os desafios são diferentes para cada um, podendo incluir:

  • Frustração porque a doença voltou.
  • Preocupação sobre a eficácia do tratamento e a possível piora da doença.
  • Lidar com exames, consultas médicas e decisões.
  • Conversar com familiares e amigos sobre a doença.
  • Precisar de ajuda com as atividades diárias, principalmente se você se sentir exausto ou se tiver algum efeito colateral do tratamento.
  • Encontrar apoio emocional e espiritual.
  • Lidar com os custos de mais tratamento.

Lidando com as emoções e as mudanças no estilo de vida

Lidar com as emoções e os desafios do estilo de vida é uma parte importante de viver com o câncer metastático. As formas de gerenciamento incluem:

  • Aprender sobre metástases. Você pode querer saber tudo sobre o tema ou apenas informações básicas.
  • Falar com um especialista. Conversar com outro profissional de saúde, como psicólogo, psiquiatra ou assistente social sobre o seu caso.
  • Controlar o estresse. Desde o planejamento antecipado até a meditação e a ioga, existem muitas opções para ajudar a diminuir o nível de estresse.

Reconhecendo os sentimentos e as preocupações

Falar sobre seus medos e preocupações é importante, mesmo quando o tratamento está respondendo. Informe seu médico sobre seus medos e dúvidas. É possível viver anos com câncer metastático e seu médico pode ajudá-lo a ter a melhor qualidade de vida possível durante esse período.

Fonte: Cancer.net (03/2019)



Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2019 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive