top
Núcleo de

Advocacy

Categorias


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Boehringer Eisai Bayer Janssen MSD ACS Mundipharma Medtronic Takeda Susan Komen Astellas UICC


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

[LEGISLATIVO] Deputado pedirá a instalação da CPI do Câncer

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 19/06/2017 - Data de atualização: 19/06/2017


O que houve?

O Deputado Fábio Sousa (PSDB/GO), informou em seu discurso no Plenário da Câmara, nesta terça-feira (30), que já reuniu as assinaturas e irá dar entrada nesta quarta-feira (31) no pedido de instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) com o objetivo de investigar a falta de tratamento contra o câncer pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e as denúncias de desvios de recursos na área motivaram.

De acordo com informações apresentadas pelo próprio deputado, a cada 10 brasileiros que procuram terapia contra a doença pelo SUS, quatro não são atendidos.
O deputado também expõe a situação de diversos estados brasileiros, que não possuem sequer um equipamento de quimioterapia ou radioterapia, enquanto outros mantêm os seus encaixotados por meses. A dificuldade enfrentada pelos pacientes que dependem do SUS, segundo o parlamentar, é generalizada.

"Nós temos uma lei aprovada neste parlamento, já sancionada pela presidente deposta, que determina que uma pessoa que é diagnosticada com câncer deve começar o tratamento em 60 dias pelo SUS. É uma lei ótima, mas que não é aplicada. Nós temos estados no Brasil onde não há uma máquina. No estado de Roraima não tem um equipamento de radioterapia pelo Sistema Único de Saúde. O Brasil inteiro, Norte e Nordeste, são as regiões que mais sofrem. O interior de São Paulo, onde você tem hospitais famosos no combate ao câncer, há cidades onde não tem maquinário, tratamento e profissional disponíveis.”

Fábio Sousa alerta que a agilidade no diagnóstico e tratamento do câncer é fundamental para a sobrevivência do paciente, mas que a velocidade na qual o SUS disponibiliza os recursos necessários aos enfermos faz com que a doença seja uma sentença de morte. Ele acredita que, com a investigação aprofundada do sistema por meio da CPI, poderá identificar as causas da precariedade e propor soluções para melhorar a qualidade do tratamento.

"Eu acho que, basicamente, a minha ideia é investigar as denúncias que estão sendo feitas, porque os recursos e o maquinário não estão chegando, identificar se é corrupção ou negligência e, por fim, propor, pois não podemos ser somente policialescos aqui. Nós temos que ter uma iniciativa. Qual a proposta que o parlamento vai fazer para que isso não volte a acontecer e as pessoas, através do SUS, possam se tratar”, afirmou.

E agora?


Aguarda-se a apresentação do pedido de instalação da Comissão Parlamentar de Inquérito.

Fonte: Site do PSDB

Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2017 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive