Categorias


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Bayer Janssen MSD ACS Mundipharma Takeda Susan Komen Astellas UICC Libbs Healthy Americas GBT Abbvie Ipsen Shire


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

Insônia

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 24/03/2013 - Data de atualização: 24/03/2013


O tratamento do câncer tem por finalidade a cura ou alívio dos sintomas da doença. Os tratamentos com medicamentos (quimioterapia, terapia alvo, hormonioterapia), cirúrgicos e radioterápicos podem provocar efeitos colaterais que variam de paciente para paciente dependendo de múltiplos fatores, podendo ser diferentes quanto a intensidade e duração. Alguns pacientes poderão apresentar efeitos colaterais mais severos, outros mais leves ou mesmo não apresentar qualquer efeito colateral. Em caso de você apresentar algum efeito colateral devido ao tratamento que está realizando procure imediatamente seu médico para receber as orientações necessárias para seu caso.

A insônia é a dificuldade de adormecer ou de manter o sono, o que pode causar problemas durante o dia, como cansaço, baixa energia, falta de concentração e irritabilidade. A maioria das pessoas já teve insônia em algum momento de suas vidas, mas o risco de ter insônia aumenta com a idade e com doenças graves, como o câncer.

A insônia devido ao câncer pode piorar alguns sintomas, como dor, fadiga e ansiedade, além de diminuir a capacidade do paciente no enfrentamento do sentimento de isolamento.

Diagnóstico

O tratamento da insônia implica o conhecimento de sua causa, portanto o médico fará perguntas do tipo:

  • Histórico de distúrbios do sono.
  • Depressão, ansiedade ou delírio.
  • Dor, falta de ar, tosse, náuseas ou prurido.
  • Uso de cafeína, álcool ou tabaco.
  • Retirada de medicação.
  • Efeitos colaterais de outros medicamentos.
  • Maus hábitos de sono.
  • Estresse emocional ou preocupação.
  • Ambiente de sono desconfortável.

Tratamento

O objetivo do controle da insônia é conseguir um sono reparador e uma melhor qualidade de vida. O uso de medicamentos pode ajudar a aliviar a insônia, mas só devem ser utilizados a curto prazo, a menos que outros tratamentos não sejam eficazes. As técnicas comportamentais são geralmente mais eficazes para o alívio a longo prazo.

A primeira etapa do tratamento é a identificação da causa da insônia, como dor, depressão, ansiedade, uso de medicamentos ou distúrbios do sono.

As sugestões a seguir podem ser úteis no manejo da insônia:

  • Dormir e acordar na mesma hora do dia.
  • Evitar cafeína, álcool e tabaco, especialmente à noite.
  • Comer um lanche leve, se estiver com fome antes de dormir, pois pode ajudar a trazer o sono, mas evite beber líquidos em demasia.
  • Fazer exercícios regularmente.
  • Dormir em um quarto calmo e escuro, nem muito quente, nem muito frio.
  • Iniciar uma rotina de dormir, assim como ler ou tomar banho.

Além disso, as seguintes técnicas comportamentais podem ajudar:

  • Técnicas de relaxamento.
  • Limitar o tempo gasto na cama e dormindo.
  • Controlar os estímulos.


Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2019 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive