Categorias


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Bayer Janssen MSD ACS Mundipharma Takeda Susan Komen Astellas UICC Libbs Healthy Americas GBT Abbvie Ipsen Shire


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

II Fórum Regional 2013 (Rio de Janeiro/RJ)

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 08/04/2013 - Data de atualização: 08/04/2013


Presidente do Instituto Oncoguia abre o Fórum chamando os participantes à reflexão

No último dia 14, o Instituto Oncoguia levou o Fórum Regional de Discussão de Políticas de Saúde em Oncologia para mais um Estado brasileiro, o Rio de Janeiro.

O evento realizado com a finalidade de levantar e gerar debates sobre temas relativos à atenção oncológica no Estado, contou com público de cerca de 120 pessoas e de palestrantes de importantes instituições de saúde, entidades de classe e sem fins lucrativos, sociedade médica e agência regulatória, entre outros.

A presidente do Instituto Oncoguia, Luciana Holtz, deu início às discussões apresentando a entidade e chamando a atenção do público para os inúmeros e alarmantes problemas enfrentados pelos pacientes brasileiros para terem acesso a exames de rastreamento do câncer, diagnóstico rápido e acurado e tratamento digno e de qualidade.

Holtz chamou a atenção dos participantes para o aumento no número de casos de câncer nos países em desenvolvimento, como o Brasil. Afirmou que para o controle da doença é fundamental a definição de estratégias conjuntas e eficazes.

"No ano de 2020 atingiremos 16 milhões de novos casos de câncer. Isso é uma epidemia! No Brasil, que apresenta a inversão rápida na pirâmide etária, com o envelhecimento da população, o problema é ainda maior. Precisamos nos preparar para atender os nossos pacientes e estimular desde já a prevenção e o diagnóstico precoce da doença”, declarou.

E complementou: "Hoje, entre 40% e 50% dos cânceres em pacientes brasileiros são diagnosticados em estágio avançado. O que significa? Que milhares de pessoas estão sofrendo e morrendo por causa da doença”.

Holtz prosseguiu a apresentação falando sobre as principais barreiras enfrentadas pelos pacientes brasileiros atendidos pelas redes pública e privada de saúde, tais como benefícios legais não atendidos, pouco enfoque em qualidade de vida, diagnósticos tardios, filas e tratamentos defasados. E finalizou a apresentação questionando os participantes:

"Eu sugiro uma pergunta e uma reflexão para iniciarmos o nosso dia de debates: O que queremos desse encontro? Queremos ajudar a salvar vidas!”.


Confira a cobertura do evento:



Leia o que os palestrantes falaram sobre o evento:


Tenha acesso à íntegra das palestras:

  • II Fórum Regional de Discussão de Políticas de Saúde em Oncologia

    Dra. Luciana Holtz de Camargo Barros

  • Tirando o Paciente da Fila – Regulação da Assistência ao Paciente com Câncer

    Dr. Marcelo H. Perelló

    Dra. Thereza Cypreste Miranda

  • Garantia de Acesso ao Tratamento Rápido e de Qualidade: A melhor saída contra a Judicialização

    Dr. Rafael Kaliks

    Dr. Carlos José Coelho de Andrade

    Dr. Carlos Manoel Mendonça de Araújo


Veja as fotos do evento:

















































Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2019 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive