Categorias


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Bayer Janssen MSD ACS Mundipharma Takeda Susan Komen Astellas UICC Libbs Healthy Americas GBT Abbvie Ipsen Shire


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

HPV e câncer do colo do útero são mais prevalentes no Nordeste do Brasil

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 06/09/2019 - Data de atualização: 06/09/2019


O câncer do colo do útero é o segundo mais frequente em mulheres na região Nordeste do Brasil, com taxa de 20,47 casos para cada 100 mil habitantes e o terceiro que mais mata, segundo o INCA (Instituto Nacional de Câncer). Além disso, o HPV (papilomavírus humano), principal fator de risco para o desenvolvimento do tumor, também é mais prevalente na região. Conforme o estudo POP-Brasil, de 2018, realizado pelo Ministério da Saúde em parceria com o Hospital Moinhos do Vento do RS, a prevalência de HPV na população de 16 a 25 anos no Nordeste é de 58,09%. Estes dados serão debatidos no I Fórum Nordeste de Políticas de Saúde em Oncologia do Instituto Oncoguia que acontecerá dia 27 de agosto, no Luzeiros Hotéis, em São Luís.

A coordenadora geral do Programa Nacional de Imunizações do Ministério da Saúde, Ana Goretti, que estará no fórum para falar sobre a vacinação contra o HPV, ressalta a associação do vírus a pelo menos sete tipos de câncer e destaca a importância da imunização como estratégia para reduzir a ocorrência destas doenças na população. “Hoje sabemos que a quase totalidade de cânceres de colo do útero é associada à infecção por HPV. Em 2018, no Nordeste foram cerca de 6 mil novos casos. Além do colo do útero, o HPV também é relacionado a outros cânceres como de vulva, vagina, pênis, ânus, orofaringe e boca. Por isso a criação de uma vacina contra o HPV em 2006 foi uma das principais estratégias para prevenção dos cânceres relacionados ao vírus. Essa vacina é a principal estratégia para que tenhamos no futuro uma geração de homens e mulheres livres de câncer e com boa saúde.” 

Apesar de ser gratuita e estar disponível na rede pública de saúde, Ana Goretti ressalta a baixa adesão à vacina. Segundo ela, a cobertura nacional ideal seria de 80% da população alvo. Porém no Brasil, a taxa de cobertura em meninas é de 72% para a primeira dose da vacina e de 51% para a segunda dose, que deve ser tomada seis meses depois da primeira. Para meninos, a taxa de cobertura é ainda menor: 49% para a primeira dose e 23% para a segunda. No Maranhão, as taxas de imunização feminina seguem a média nacional, porém a masculina fica ainda mais abaixo: 46% para a primeira dose e 20% para a segunda. 
 
Fórum de Oncologia
 
Além das discussões sobre HPV e câncer do colo do útero, o Fórum Nordeste de Políticas de Saúde em Oncologia também debaterá questões de acesso ao diagnóstico e a tratamentos para todos os tipos de câncer no Nordeste do Brasil tanto na saúde suplementar quanto no SUS.
 
“A ideia de fazermos fóruns regionais é justamente discutirmos a realidade daquela população, debatendo os principais desafios e prioridades com players locais a fim de estarmos mais próximos das necessidades reais, que podem ser bastante diferentes em cada local do Brasil”, destaca a presidente do Instituto Oncoguia e realizadora do evento, Luciana Holtz.
 
O fórum reunirá pacientes, familiares, representantes de instituições de saúde, entidades de classe, sociedades médicas, governo e gestores públicos para uma discussão profunda, democrática e assertiva. As inscrições para participar são gratuitas e podem ser realizadas pelo site www.oncoguia.org.br/forumsaoluis/.
 
Atendimento a pacientes com câncer
 
O Instituto Oncoguia é uma ONG de apoio a pacientes com câncer que atua em diversas frentes com o objetivo de criar e desenvolver ações estratégicas para transformar a realidade do câncer no País quebrando barreiras impostas pela doença e disponibilizando informações de qualidade. O Oncoguia também acompanha, propõe e monitora a construção de melhores políticas públicas em oncologia, tornando público os problemas enfrentados pelos pacientes e lutando pela garantia de seus direitos, sensibilizando a população brasileira para a adoção de hábitos saudáveis a fim de prevenir o câncer.
 
Para pacientes com câncer do Nordeste do Brasil, o Oncoguia está disponível pelos canais Fale Conosco (www.oncoguia.org.br/fale-conosco//) e pelo canal Ligue Câncer, pelo 0800 773 1666. “Temos uma equipe especializada para atender os pacientes e seus familiares, acolhê-los, entender suas necessidades e orientá-los sobre questões como qualidade de vida, direitos sociais e outros problemas comuns após o diagnóstico e tratamento do câncer”, explica Luciana Holtz. O Oncoguia também tem um portal (www.oncoguia.org.br) com informações de qualidade sobre mais de 70 tipos de câncer. “É muito comum as pessoas procurarem na internet após o diagnóstico de um câncer e ficarem ainda mais assustadas com o que encontram. O portal é uma fonte de informação confiável para que a pessoa possa entender melhor seu diagnóstico e saber como ser um paciente ativo e responsável, e dessa forma, enfrentar essa fase da sua vida, muito mais fortalecido e sem medo”, conclui.
 
Serviço:
I Fórum Nordeste de Políticas de Saúde em Oncologia
Data: 27 de agosto de 2019
Horário: 14h00 às 20h30
Local: Luzeiros Hotéis São Luís
Endereço: Rua João Damasceno, 2 - Ponta do Farol, São Luís/MA
Programação e inscrições gratuitas: www.oncoguia.org.br/forumsaoluis/ 

Sobre o Instituto Oncoguia
O Instituto Oncoguia é uma associação civil sem fins lucrativos fundada em 2009 cuja missão é ajudar o paciente com câncer a viver melhor, por meio de ações de educação, conscientização, apoio e defesa de direitos.
Portal Oncoguia: www.oncoguia.org.br
E-mail: institutooncoguia@oncoguia.org.br
Facebook: facebook.com/oncoguia
Canal Ligue Câncer: 0800 773 1666
 
Informações para a imprensa
Francine Estevão – francineestevao@oncoguia.org.br
Natália Gonzales – nataliagonzales@oncoguia.org.br
Telefone: (11) 5171-7950 / (11) 98790-0241



Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2019 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive