Categorias


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Amgen Pfizer AstraZeneca Bayer Janssen MSD Mundipharma Takeda Astellas UICC GBT Abbvie Ipsen Sanofi Grunenthal Daiichi Sankyo


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

Hospital de Amor, para tratamento de pacientes com câncer, será inaugurado em Minas Gerais

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 19/07/2021 - Data de atualização: 19/07/2021


O Hospital de Amor, que é o hospital para tratamento de câncer em Barretos, terá uma unidade na cidade de Patrocínio, no Alto Paranaíba, em Minas Gerais, que começa a funcionar ainda neste ano. A notícia é boa, mas os números do câncer preocupam no Brasil. Pela primeira vez na história a Câmara dos Deputados tem uma Comissão Especial de Combate ao Câncer e ela é presidida pelo deputado federal mineiro Weliton Prado (Pros), que é o entrevistado do Abrindo o Jogo desta segunda-feira. 

Segundo ele, o Brasil tem 285 mil mortes por câncer a cada ano. Esse número pode dobrar nas próximas décadas. “O câncer tem aumentado de forma assustadora. A Organização Mundial de Saúde estima que nas próximas décadas pode aumentar o número de casos, dobrar o número de mortes no país. Temos em torno de 285 mil mortes por ano e tem aumentado realmente de forma assustadora”, explica. 

Com a pandemia, a suspensão e a demora nos atendimentos a situação ficou ainda mais grave de acordo com o parlamentar, que ressalta que a cada quatro semanas sem iniciar o tratamento a chance de morte aumenta em 13%. “O câncer tem cura, a pessoa tem que ter o direito e o acesso ao diagnóstico e ao tratamento. A cada quatro semanas sem iniciar o tratamento aumenta em 13% a chance de morte e aumenta muito o custo do tratamento, então é fundamental a prevenção e hoje nós temos uma lei que estabelece que a mamografia tem que ser realizada a partir dos 40 anos das mulheres.”

Weliton Prado afirma que o Brasil poderia e deveria ter tratamentos e oferecer medicamentos mais avançados do que oferece hoje e é taxativo quando diz que as leis existem, mas não são cumpridas.  Dentre elas as que estabelecem prazo para diagnóstico e início de tratamento contra o câncer. “Nosso objetivo na Comissão de Combate ao Câncer é fazer todo um diagnóstico em relação os aumentos dos casos, em relação aos tratamentos disponíveis, ao diagnóstico, como que está a radioterapia, como que está a quimioterapia. Temos várias leis que não estão sendo cumpridos no nosso país e isso acontece ainda mais agora na pandemia.”

Fonte: Rádio Itatiaia 



Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2021 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive