Tipo de Tratamento

Radioterapia

Categorias


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Bayer Janssen MSD ACS Mundipharma Takeda Susan Komen Astellas UICC Libbs Healthy Americas GBT Abbvie Ipsen Shire


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

Gerenciando os Efeitos Colaterais da Radioterapia sobre a Fertilidade

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 24/04/2014 - Data de atualização: 24/04/2014


Se você vai fazer radioterapia na região pélvica e pretende ter filhos após o tratamento, você deve conversar sobre a questão da fertilidade com um especialista antes de iniciar seu tratamento.

Aqui falaremos um pouco sobre os possíveis efeitos colaterais da radioterapia na região pélvica em homens e mulheres:

  • Efeitos sobre as Mulheres

A maioria dos tratamentos radioterápicos não tem influência sobre a sua capacidade de ter filhos, a menos que os ovários estejam incluídos na área de tratamento.

Muitas mulheres que fizeram radioterapia deram a luz a bebês saudáveis. O risco de ter um bebê com problemas de saúde não aumenta se você fez radioterapia no passado. Os oncologistas geralmente recomendam que as mulheres esperem cerca de dois anos após o término da radioterapia para tentar engravidar, para dar ao corpo a chance de superar os efeitos da doença e seu tratamento.

Se o tratamento radioterápico é para câncer de colo do útero, útero, ovário, bexiga, reto ou ânus e a área de tratamento inclui os ovários, é provável que a infertilidade seja temporária ou permanente.

  • Efeitos sobre os Homens

Nos homens, a produção de esperma pode ser reduzida se os testículos estiverem na área a ser tratada, e isso pode levar à infertilidade temporária ou permanente. Felizmente, é possível evitar a realização de radioterapia nos testículos no tratamento do câncer em homens mais jovens.

Entretanto, a radioterapia para câncer de próstata, bexiga, colorretal ou câncer anal pode provocar uma diminuição permanentemente das contagem de espermatozoides, o que pode reduzir a fertilidade.

  • Informações sobre a Fertilidade

Antes de você concordar em fazer a radioterapia, seu radioterapeuta deve conversar com você sobre o risco da infertilidade. Compreensivelmente, esse poderá ser um momento difícil, especialmente se você estava planejando ter filhos e foi informado que o tratamento pode torná-lo estéril. Se você tem uma parceira, o médico incentivará que você a traga para essa reunião, dando tanto a você, como a ela, a chance de discutirem quaisquer preocupações que vocês tenham.

  • Banco de Sêmen e Óvulos

Às vezes, pode ser possível para os homens armazenar seu próprio esperma antes de iniciar a radioterapia. Os espermatozoides são congelados e podem ser armazenado por vários anos, até que você e sua parceira estejam prontos para ter filhos. Isto é chamado de banco de sêmen.

Antes do início do tratamento, as mulheres também podem armazenar os óvulos fertilizados (embriões), utilizando o esperma do parceiro. Pode levar de 4 a 6 semanas para recolher os óvulos, então isso não será possível se o tratamento precisa começar imediatamente.


  • Sentimentos sobre Sexualidade e Infertilidade

Não é fácil chegar a um acordo com a perspectiva da infertilidade, ou com os outros efeitos colaterais do tratamento. Levará um tempo para que você possa reencontrar seus sentimentos e seja capaz de falar sobre eles. Quando estiver pronto, pode ajudar falar abertamente com seu parceiro, um parente ou amigo. Isto tornará mais fácil para eles lhe ajudar e apoiar.

Algumas pessoas preferem falar com alguém que não conhecem. Os grupos de apoio oferecem a oportunidade de você dialogar com outras pessoas que passaram por uma experiência semelhante. Outra possibilidade é falar sobre o assunto com um psicólogo.


Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2019 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive