Especial

Qualidade de vida


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Bayer Janssen MSD ACS Mundipharma Takeda Susan Komen Astellas UICC Libbs Healthy Americas GBT Abbvie Ipsen Shire


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

Gerenciando o estresse durante o tratamento do câncer

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 30/05/2019 - Data de atualização: 30/05/2019


Uma doença como o câncer geralmente é uma das experiências mais estressantes da vida de uma pessoa. Lidar com o câncer pode ser ainda mais desafiador se juntar a doença, com o estresse adicional do trabalho, família ou preocupações financeiras.

O estresse não causa câncer. Mas o estresse crônico pode enfraquecer o sistema imunológico provocando outros problemas de saúde e diminuindo as sensações de bem-estar.

Dicas para reduzir o estresse

Muitas vezes você pode diminuir o estresse em sua vida fazendo pequenas mudanças. A seguir relacionamos algumas dicas que poderão ajudá-lo:

  • Evite conflitos entre suas atividades. Procure anotar todos seus compromissos e atividades em uma agenda, deixando tempo suficiente entre um compromisso e outro. Procure não agendar muitas atividades para o mesmo dia ou semana.
  • Esteja ciente de seus limites. Se você não tem tempo, energia ou interesse, não há problema em recusar quando alguém solicita algo. E não se sinta culpado ao dizer não! Um diagnóstico de câncer é uma mudança de vida, portanto focar nas coisas mais importantes faz sentido. No trabalho, não seja voluntário para projetos que tornariam sua carga de trabalho incontrolável.
  • Peça ajuda. Solicite ajuda aos familiares, amigos e colegas de trabalho. É provável que as pessoas ofereçam seu apoio, então pense em tarefas específicas para as quais você precisa de ajuda antecipadamente.
  • Priorize suas tarefas. Faça uma lista do que você faz rotineiramente, como trabalho e tarefas domésticas. Classifique as coisas por importância, considerando o que você deve fazer e o que é mais importante para você. Se você não tiver tempo para fazer tudo, concentre-se nas tarefas e atividades do topo da lista.
  • Divida as tarefas em etapas menores. Às vezes, grandes tarefas podem ser realizadas em etapas menores em vez de assumir tudo de uma vez. Esse processo pode tornar os problemas aparentemente complicados mais fáceis de serem gerenciados.
  • Concentre seus esforços em coisas que você consegue controlar. Pessoas que conseguem ser mais flexíveis mantêm o nível de estresse baixo. Às vezes, o único aspecto de um problema que você pode controlar é como você reage a ele. Se isso ajudar, pense em como poupar sua energia para gastar em coisas mais importantes para você.
  • Problemas financeiros. Não espere para procurar ajuda financeira. Contas atrasadas e dívidas podem rapidamente tornar-se um grande problema.

Estratégias de gerenciamento do estresse

Embora você possa reduzir a quantidade de fatores estressantes em sua vida, não é possível evitar completamente o estresse. Algumas dicas para diminuir o estresse:

  • Exercite-se regularmente. Exercícios moderados, como uma caminhada de 30 minutos por dia, ajudam a diminuir o estresse. Converse com seu médico antes de iniciar um programa de exercícios.
  • Passe um tempo fora de casa. Se possível, dê um passeio em um parque ou em ambiente natural. A luz do sol, o ar fresco e os sons da natureza ajudam a iluminar o dia.
  • Programe atividades sociais. Uma boa forma de reduzir o estresse é socializar com a família ou amigos.
  • Alimente-se bem. Mantenha uma dieta saudável e descanse o necessário para conseguir ter energia para lidar com o estresse diário.
  • Durma bastante. O sono é essencial para ajudar o corpo a se manter saudável.
  • Relaxamento. Procure fazer alguma atividade que você considere relaxante, como ler um livro, jardinagem ou ouvir música.
  • Faça coisas que você gosta. Almoce em um restaurante agradável ou assista o seu programa de televisão favorito.
  • Tenha um diário. Escrever sobre as tensões e eventos da sua vida é uma forma particular de expressar seus sentimentos.
  • Aprenda um novo hobby. Engajar-se em uma nova e desafiadora atividade dará a você uma sensação de realização, além de proporcionar distração das preocupações diárias.

Técnicas de relaxamento

Muitos pacientes aprendem e praticam técnicas de relaxamento para diminuir o estresse. Você pode praticar essas técnicas diariamente ou em momentos específicos, como durante um procedimento médico.

  • Respiração relaxada ou profunda. Esta técnica envolve respiração profunda e lenta, concentrando-se em encher os pulmões e relaxar os músculos.
  • Visualização. Isso ajuda você a criar imagens tranquilas e relaxantes na mente.
  • Relaxamento muscular progressivo. Essa técnica envolve comprimir e relaxar os músculos. A maioria das pessoas começa nos dedos dos pés ou na cabeça e relaxa progressivamente todos os músculos do corpo.
  • Meditação. Com essa técnica, você aprende a relaxar a mente e a se concentrar em uma sensação interior de calma.
  • Biofeedback. Essa técnica pode ensinar você a relaxar e controlar a resposta do corpo ao estresse prestando atenção aos sinais do corpo.
  • Yoga. Essa técnica concentra a mente na respiração e na postura para promover o relaxamento e reduzir a fadiga.

Fonte: Cancer.net (04/2017)



Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2019 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive