Núcleo de

Advocacy

Categorias


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Bayer Janssen MSD ACS Mundipharma Takeda Susan Komen Astellas UICC Libbs Healthy Americas GBT Abbvie Ipsen Shire


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

Frente Parlamentar de Combate ao Câncer Infantil é lançada

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 14/08/2019 - Data de atualização: 14/08/2019


O que houve?

Foi realizado nesta terça-feira (13), na Câmara dos Deputados, o lançamento da Frente Parlamentar de Prevenção e Combate ao Câncer Infantil. A iniciativa do deputado Bibo Nunes (PSL-RS) contou com o apoio de 211 deputados e, também, com a parceira do Instituto do Câncer Infantil e do Instituto Ronald McDonald.

Segundo o Instituto Nacional de Câncer, no Brasil, temos cerca de 12.500 novos casos de câncer infantil por ano, sendo essa a doença que mais mata crianças e adolescentes em nosso país. 

O deputado Bibo Nunes deu início ao lançamento ressaltando a importância da Frente Parlamantar e do apoio do Instituto do Câncer Infantil, do Instituto Ronald McDonald e de vários outros setores. Ele disse não ter se juntado à Frente Parlametar Mista em Prol da Luta contra o Câncer, pois considera que o câncer infantil merece e necessita de uma atenção especial.

As metas dizem respeito à ampliação da cobertura de tratamento, elevação do  número de crianças tratadas, disponibilização de exames diagnosticos, ampliação da disponibilidade de cuidados,  aumento da adesao à pesquisa clínica, melhora da capacitação dos profissionais de saúde e aumento da disponibilidade de estruturas adequadas para reduzir o abandono do tratamento. 

O Senhor Francisco Neves, Superintendete do Instituto Ronald McDonald, reforçou que através dos parlamentares há oportunidade de desenvolvimento de novas políticas públicas. “O desafio é chegarmos aos índices de cura dos países desenvolvidos com alto IDH”, afirmou.  

Vera de Paula, representante da Confederação Nacional das Instituições de Apoio e Assistência à Criança e ao Adolescente com Câncer (Coniacc), reforçou a importância do evento e agradeceu o apoio de todos.

Dr. Cláudio Galvão, presidente da Sociedade Brasileira de Oncologia Pediátrica, falou sobre o porquê de sermos diferentes dos Estados Unidos quanto ao tratamento de crianças e adolescentes com câncer. Ele disse que quase não temos mais abandono de tratamento, mas que o grande problema que enfrentamos é a falta de medicamentos essencias. De acordo com Galvão, o câncer infantil, em 85% das vezes, pode ser curado com o uso de drogas baratas, o que acaba causando o desinteresse da indústria farmacêutica. Ele informou já ter levado o assunto ao conhecimento do Ministro da Saúde, Henrique Mandetta. 

Participaram do lançamento da Frente os Deputados Weliton Prado (PROS-MG), Carla Zambelli (PSL-SP), Carlos Henrique Gaguim (DEM-TO), Daniel Silveira (PSL-RJ), Afonso Hamm (PP-RS), Herculano Passos (MDB-SP), Sílvia Cristina (PDT-RO), Giovani Cherini (PL-RS), Helio Costa (PRB-SC) e Heitor Freire (PSL-CE).

E agora?

O Dr. Algemir Brunetto, fundador do Instituto do Câncer Infantil, apresentou um conjunto de metas elaboradas pelo Conselho Científico do Instituto Ronald McDonald para serem discutidas pela Frente em uma primeira etapa. 



Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2019 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive