Tipos de Câncer

Câncer de Rim

Categorias


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Bayer Janssen MSD ACS Mundipharma Takeda Susan Komen Astellas UICC Libbs Healthy Americas GBT Abbvie Ipsen Shire


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

Fatores de Risco para Câncer de Rim

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 28/04/2014 - Data de atualização: 15/02/2018


Um fator de risco é algo que afeta sua chance de contrair uma doença como o câncer. Diferentes tipos de câncer apresentam diferentes fatores de risco. Alguns como fumar, podem ser controlados; no entanto outros não, por exemplo, idade e histórico familiar. Embora os fatores de risco possam influenciar o desenvolvimento do câncer, a maioria não causa diretamente a doença. Algumas pessoas com vários fatores de risco nunca desenvolverão um câncer, enquanto outros, sem fatores de risco conhecidos poderão fazê-lo.

Ter um fator de risco ou mesmo vários, não significa que você vai ter a doença. Muitas pessoas que contraem a enfermidade podem não estar sujeitas a nenhum fator de risco conhecido. Se uma pessoa com câncer de rim tem algum fator de risco, muitas vezes é muito difícil saber o quanto esse fator pode ter contribuído para o desenvolvimento da doença.

Fatores que podem aumentar o risco de uma pessoa desenvolver câncer de rim:

  • Tabagismo. Fumar aumenta o risco de desenvolver carcinoma de células renais. O risco cai se a pessoa parar de fumar, mas leva muitos anos até chegar ao nível do risco de alguém que nunca fumou.

  • Obesidade. Pessoas acima do peso têm um risco aumentado de desenvolver câncer de rim. A obesidade pode provocar alterações em determinados hormônios que podem levar ao carcinoma de células renais.

  • Exposição Ocupacional. A exposição ocupacional a determinadas substâncias, como cádmio, herbicidas e solventes orgânicos, aumenta o risco de uma pessoa desenvolver carcinoma de células renais.

  • Histórico Familiar. Pessoas com um forte histórico familiar de câncer de rim têm uma chance aumentada de desenvolver este câncer, principalmente entre irmãos. Não está claro se isto ocorre devido aos genes compartilhados ou a algum fator de risco ao que foram expostas no meio ambiente, ou a ambos.

  • Pressão Alta. O risco de ter câncer de rim é maior em pessoas com pressão arterial elevada. Alguns estudos sugerem que determinados medicamentos usados no tratamento de hipertensão arterial podem aumentar o risco de câncer de rim, mas é difícil afirmar se a causa se deve ao medicamento ou de ambos.

  • Diuréticos. Alguns estudos sugerem que o uso de diuréticos pode estar associado a um pequeno aumento no risco de carcinoma de células renais. Não está claro se a causa são os medicamentos ou a pressão alta. Se você precisa tomar diuréticos, não os evite para tentar reduzir o risco de câncer de rim e converse com seu médico para maiores esclarecimentos.

  • Doença Renal Avançada. Pessoas com doença renal avançada, especialmente aquelas que necessitam de diálise, têm um maior risco de desenvolver carcinoma de células renais.

  • Gênero. O carcinoma de células renais é aproximadamente duas vezes mais frequente em homens do que em mulheres. Os homens são mais propensos a serem fumantes e têm maior probabilidade de exposição a produtos químicos cancerígenos no trabalho, o que pode explicar parte da diferença.

  • Raça. Pessoas de raça negra e índios americanos/nativos do Alasca têm uma incidência um pouco maior de ter câncer de rim. As razões para isso não estão claras.

  • Fatores de Risco Genéticos e Hereditários. Algumas pessoas herdam uma tendência para desenvolver determinados tipos de câncer. Algumas doenças hereditárias raras podem causar o câncer de rim. As pessoas que têm determinadas condições hereditárias têm um risco muito maior de contrair câncer de rim, embora isso represente apenas uma porcentagem dos casos de câncer de rim.

  • Doença de von Hippel-Lindau. Pessoas com essa condição muitas vezes desenvolvem vários tipos de tumores e cistos em diferentes partes do corpo. Elas têm um risco aumentado para câncer de rim de células claras, especialmente em uma idade mais jovem. Elas também podem desenvolver tumores benignos nos olhos, cérebro, medula espinhal, pâncreas e outros órgãos; e um tipo de tumor da glândula adrenal denominado feocromocitoma. Esta condição é causada por mutações no gene VHL.

  • Carcinoma Papilar Renal Hereditário. As pessoas que herdam esta condição têm uma tendência a desenvolver um ou mais carcinomas papilares de células renais. Esta doença está geralmente associada a alterações no gene MET.

  • Carcinoma de Células Renais Leiomioma. Pessoas que herdam essa síndrome desenvolvem tumores musculares denominados leiomiomas ou fibromas da pele e do útero e têm um maior risco de desenvolver câncer papilar de células renais. Essa condição está geralmente associada a alterações no gene FH.

  • Síndrome de Birt-Hogg-Dubé. Pessoas com esta síndrome desenvolvem tumores benignos na pele e têm um risco aumentado de desenvolver diferentes tipos de tumores renais, incluindo câncer das células renais e oncocitomas. Elas também podem ter tumores benignos ou malignos em vários outros tecidos. O gene associado a essa síndrome é conhecido como FLCN.

  • Câncer Renal Familiar. As pessoas com esta síndrome desenvolvem tumores denominados paragangliomas da região da cabeça e pescoço, bem como tumores conhecidos como feocromocitomas das glândulas suprarrenais e câncer de tireoide. Elas também tendem a ter câncer de rim em ambos os rins antes dos 40 anos. Essa síndrome é causada por mutações nos genes SDHB e SDHD.

  • Síndrome de Cowden. As pessoas com esta síndrome apresentam alto risco de câncer de mama, tireoide e rim. Essa síndrome está relacionada a alterações no gene PTEN.

  • Esclerose Tuberosa. Pessoas com esta síndrome desenvolvem muitos tumores geralmente benignos em diferentes partes do corpo, incluindo a pele, cérebro, pulmões, olhos, rins e coração. Embora os tumores renais sejam geralmente benignos, ocasionalmente podem ser de células claras. Essa síndrome é causada por defeitos nos genes TSC1 e TSC2.

  • Oncocitoma Renal Hereditário. Algumas pessoas herdam a tendência em desenvolver o oncocitoma (tumor renal).

Fonte: American Cancer Society (01/08/2017)


Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2019 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive