Espaço do

Paciente

Categorias


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Bayer Janssen MSD ACS Mundipharma Takeda Susan Komen UICC Libbs Healthy Americas GBT Abbvie Ipsen Shire


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

Falando com seus Filhos sobre Câncer de Mama

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 18/02/2016 - Data de atualização: 06/03/2016


M. C. é especialista em desenvolvimento de crianças e criou esta cartilha para falar com elas sobre o câncer de mama. Com ótimas dicas, este guia pretende contornar alguns obstáculos que podem surgir ao conversar com seus filhos sobre o seu diagnóstico:

  1. Use uma linguagem simples. Não tente usar termos médicos ou linguagem com a qual a criança não está familiarizada. Muitas vezes os termos podem ser assustadores ou ter mais de um significado. Comece de forma simples e na medida em que seus filhos tenham consciência sobre o câncer, seu tratamento e medicamentos, você pode esclarecer os diferentes termos associados com cada palavra ou procedimento.

  2. Responder os por quês? Perguntas como: "Por que isto aconteceu?" é um questionamento que a criança faz frequentemente após saber do diagnóstico da mamãe. Uma explicação básica sobre as doenças ou o que as provoca deve ser discutida e compartilhada. Assim você as ajudará s a compreender que a câncer não se "pega" e que nada do que fizeram ou disseram provocou a sua doença.

  3. Repetir, repetir, repetir. Crianças pequenas perguntam repetidamente porque precisam continuamente se certificar e esclarecer para si próprios o que está acontecendo e por quê. Seja o mais coerente possível em suas respostas, usando termos familiares e corriqueiros.

  4. Estimular e apoiar o enfrentamento da doença. Se seu filho perguntar algo que você não tenha certeza da resposta, é perfeitamente compreensível dizer: "isso é uma questão importante, mas não tenho certeza/não sei a resposta, portanto não posso explicar agora. Vamos falar sobre isso mais tarde, após eu conversar com meu médico". Certifique-se de lembrar a pergunta uma vez que você já tem a resposta.

  5. Falando de morte. Sempre use a palavra "morrer" e/ou "morte" quando estiver discutindo e explicando sobre o significado disso para seus filhos. As crianças podem ter um sentido distorcido do significado de "morte". Certifique-se de falar sobre as diferenças entre a morte real e a morte nos filmes ou TV. Encontrar exemplos naturais de morte e o ciclo da vida na natureza pode ajudar as crianças a entende-la como uma parte natural da vida.


Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2019 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive