Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Bayer Janssen MSD Mundipharma Takeda Astellas UICC GBT Abbvie Ipsen Danone Nutricia Sanofi Grunenthal Sirtex Servier Oncologia


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

Combatendo fake news relacionadas ao câncer

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 06/11/2020 - Data de atualização: 06/11/2020


Assim como a informação de qualidade é uma grande aliada de pacientes com câncer e de seus familiares, notícias falsas podem prejudicar estas pessoas e deixá-las com ainda mais medo e insegurança em um momento já delicado como a descoberta do câncer.

Por isso, listamos abaixo as principais notícias que as pessoas nos enviam relacionadas ao tema “câncer” para que você saiba o que é verdade e o que é mentira. Confira!

Alimentos curativos

A lista de alimentos que “curam” o câncer cresce todos os dias. Por aqui já recebemos notícias sobre: graviola, chá de crajirú, linhaça, casca de ipê, água quente com limão, suco de cenoura, queijo cottage e linhaça, alho, cerveja puro malte, aveloz, chá verde, folha de nespereira, chá de janaúba, melão amarelo, água quente com abacaxi e none.

E ai, será que algum deles cura o câncer? A resposta é NÃO.
Não existe nenhuma comprovação científica de que qualquer destes alimentos curem o câncer. Aliás, é muito importante que pacientes em tratamento conversem com seus médicos antes de fazerem uso de determinados alimentos aos quais não estão habituados para que não causem nenhum tipo de problema de saúde.

Alimentos cancerígenos

Outra notícia muito comum é sobre alimentos que causam o câncer, como graviola, leite de soja, açúcar, frutas e carne vermelha.

Aqui é preciso cautela. Nenhum alimento por si só causa câncer. No entanto, alguns deles quando consumidos em excesso, podem aumentar o risco de uma pessoa desenvolver a doença. Por isso, a alimentação baseada em uma dieta equilibrada baseada em frutas, legumes, verduras, feijões e outras leguminosas, cereais integrais, castanhas e outras oleaginosas é muito importante para a prevenção do câncer.

Carnes processadas causam câncer?
De acordo com a OMS (Organização Mundial da Saúde), carnes processadas como salsicha, linguiça, bacon, presunto e outros processados podem aumentam o risco de tumores como o de intestino. Já carnes vermelhas são consideradas fator de risco “provável”.

Açúcar alimenta o câncer?
Não. Segundo o INCA (Instituto Nacional de Câncer), todas as células do nosso organismo precisam de glicose e quando você deixa de consumir esse “combustível”, o organismo encontra outros meios de gerará-lo utilizando-se, por exemplo, das proteínas dos músculos. Isso pode causar perda de peso e perda muscular, gerando prejuízos para o seu corpo. Por isso, a palavra-chave é equilíbrio!

Outros produtos cancerígenos

Usar o celular no escuro causa câncer no olho e no cérebro.
O texto que circula pelas redes dizendo que a luz do celular quando utilizado no escuro provoca maculopatia e, consequentemente, câncer nos olhos, é fake news. Não existe nenhum estudo nem comprovação científica de que o uso de celular no escuro cause tumores.

A preocupação quanto ao cérebro relaciona-se à radiação emitida pelo celular. Mas é preciso esclarecer que o tipo de radiação dos telefones é não-ionizante e para ela não há nenhuma comprovação de aumento no risco.

O uso de microondas provoca câncer.
Essa todo mundo já ouviu. Mas não existe nenhuma comprovação científica de que o uso do micro-ondas por si só provoque o câncer.
Mas atenção: recipientes plásticos, quando aquecidos, pode liberar substâncias que são nocivas e que têm potencial de aumentar o risco de câncer. Assim, ao aquecer alimentos, dê preferência por recipientes de vidro temperado ou de porcelana.

Uso de Omeprazol, causa câncer?
Omeprazol causa câncer Segundo o Ministério da Saúde, o Omeprazol, medicamento utilizado para problemas como gastrite, úlcera e refluxo não apresenta nenhuma relação direta com o desenvolvimento de câncer.

Tratamentos e curas alternativos

A fosfoetanolamina cura o câncer?
Até hoje, não existe nenhuma comprovação científica dos benefícios da fosfoetanolamina para pacientes com câncer.
Bicarbonato de sódio cura câncer.

A principal notícia que circula sobre este assunto diz que câncer é um fungo e que por isso o bicarbonato de sódio pode curá-lo. Isso é fake news. Primeiramente porque o câncer não é um fungo, e sim originada de mutações genéticas que causam o crescimento desordenado de células. Além disso, também não existem estudos que comprovem o benefício do bicarbonato para o tratamento de nenhum tipo de tumor.

Medicina germânica e bioneuroemoção no tratamento do câncer
A medicina germânica alega que as doenças têm fortes relações com o inconsciente e com as emoções e baseia a cura destas doenças como o câncer na cura de traumas. Apesar de ser uma técnica muito praticada, não existem comprovações de que tumores possam ser causados por problemas emocionais. Assim, recomendamos que pacientes com a doença não substituam nem interrompam os tratamentos convencionais por técnicas alternativas como esta.

Israel desenvolveu técnica inovadora para tratar câncer de mama (crioablação). A notícia vinha acompanhada de um vídeo que muita gente recebeu. O vídeo viralizou. Mas vamos às explicações: a crioterapia ou crioablação já é feita em casos muito selecionados, mas em nenhum centro (nem mesmo em Israel) substituiu o tratamento convencional de cirurgia, radio, quimio, imunoterapia etc. O tratamento pode ser feito em alguns raros casos de metástases, com resultados equivalentes aos de uma radioablação ou de uma radiocirurgia e é, evidentemente, EXPERIMENTAL em tumores primários de mama. É uma técnica que no futuro é aceitável de imaginarmos. Porém, não sabemos quando este futuro será. Mais estudos são necessários.

Se você tiver outras notícias relacionadas ao universo da oncologia que você está na dúvida se são verdadeiras ou não, entre em contato pelo nosso Fale Conosco e te ajudamos a esclarecer.

Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2020 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive