top
Núcleo de

Advocacy

Categorias


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Boehringer Eisai Bayer Janssen MSD ACS Mundipharma Takeda Susan Komen Astellas UICC Libbs Healthy Americas GBT


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

[EXECUTIVO] Expansão radioterapia: Inaugurado primeiro aparelho

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 02/12/2016 - Data de atualização: 02/12/2016


O que houve?

Nesta segunda-feira 28/11, foi inaugurado o primeiro aparelho de radioterapia do Plano de Expansão da Radioterapia. O acelerador foi instalado no Hospital da Fundação Hospitalar Assistencial da Paraíba - FAP em Campina Grande, Paraíba. De acordo com o Ministério da Saúde, a ampliação do serviço de radioterapia possibilitará dobrar o número de atendimentos por mês em 187 municípios da região.

A instalação do acelerador linear (aparelho de radioterapia) faz parte Plano de Expansão da Radioterapia no SUS, iniciativa criada em 2012 pelo governo federal, que comprou 80 aceleradores com o objetivo de ampliar a oferta da radioterapia no Brasil, tratamento este imensamente deficitário no país. O Governo brasileiro realizou a maior compra pública mundial de aceleradores lineares, um total de 80, sendo 39 projetos de ampliação de serviços já existentes e 41 projetos de criação de serviços de Radioterapia.  Estão programadas as entregas de outros 20 equipamentos em 2017 nos demais estados do país.

Além da compra dos aparelhos foi contemplado ainda a instalação no Brasil de uma fábrica de aceleradores lineares pela Varian Medical Systems, empresa vencedora da licitação. A instalação da fábrica foi resultado de um acordo de compensação tecnológica, promovido pelo Ministério para maior independência do mercado externo e expansão do tratamento de radioterapia no país. A previsão é que a construção da fábrica, situada em Jundiaí/SP, seja finalizada até o final de 2017.

O Oncoguia tem monitorado o andamento da implementação do Plano, por meio da [OPERAÇÃO MARIE CURRIE] com o objetivo de monitorar e articular com diferentes grupos envolvidos com o Plano de Expansão.

Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2017 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive