Tipos de Câncer

Câncer de Vulva

Categorias


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Bayer Janssen MSD ACS Mundipharma Takeda Susan Komen Astellas UICC Libbs Healthy Americas GBT Abbvie Ipsen Shire


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

Exames para Diagnóstico do Câncer de Vulva

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 02/02/2013 - Data de atualização: 18/02/2017


Se o câncer de vulva é diagnosticado, mais alguns exames serão solicitados para definir o estadiamento da doença. O estadiamento é o fator mais importante para a escolha do tratamento adequado.

Se a biópsia confirmar o câncer de vulva, você será encaminhada a um oncologista ginecológico, que realizará um exame físico completo para avaliar seu estado geral de saúde, examinará seus gânglios linfáticos da região da virilha, para verificar se existem sinais de disseminação da doença. Dependendo do resultado da biópsia, outros exames poderão ser solicitados para determinar se a doença se disseminou para outras regiões do corpo.

Os principais exames realizados para o diagnóstico do câncer de vulva são:

  • Cistoscopia. Este exame utiliza um tubo iluminado para verificar a superfície interior da bexiga. Este procedimento pode ser realizado com anestesia local, mas alguns pacientes podem necessitar de anestesia geral. Este procedimento foi mais utilizado no passado, atualmente já não é tão usado para o diagnóstico do câncer de vulva.

  • Proctoscopia. A proctoscopia consiste em uma inspeção visual do reto usando um endoscópio. Alguns casos avançados de câncer de vulva podem se disseminar para o reto. Todas as áreas suspeitas são biopsiadas. Este exame também já não é mais tão utilizado atualmente para diagnóstico do câncer de vulva.

  • Exame Pélvico sob Anestesia. Isto permite um exame mais completo para avaliar melhor o quanto a doença se disseminou para outros órgãos internos da região pélvica.

Fonte: American Cancer Society (16/02/2016)


Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2019 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive