Tipos de Câncer

Câncer de Glândula Suprarrenal

Categorias


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Bayer Janssen MSD Mundipharma Astellas UICC Libbs GBT Abbvie Ipsen Sanofi Grunenthal Daiichi Sankyo


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

Exames dos Hormônios Suprarrenais

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 10/05/2013 - Data de atualização: 26/01/2017


Os exames de sangue e urina são importantes para medir os níveis de hormônios suprarrenais e diagnosticar se um paciente apresenta sinais e sintomas de câncer de glândula suprarrenal. Os exames de sangue e urina são tão importantes quanto os exames de imagem no diagnóstico da doença. O tipo de exame a ser realizado depende dos sintomas do paciente, uma vez que é possível saber quais sintomas estão associados a cada tipo de hormônio. Mas, muitas vezes o médico verificará os níveis hormonais, mesmo quando os sintomas da elevação de determinado hormônio não estiver presente, porque os sintomas de níveis anormais de hormônios podem ser muito sutis e os exames de sangue podem diagnosticar alterações antes dos sintomas aparecerem.

Exames para medir o Nível de Cortisol

Os exames utilizados neste caso incluem determinação dos níveis de cortisol no sangue e na urina. Se um tumor suprarrenal está produzindo cortisol, esses níveis estarão elevados. Estes exames são realizados após o paciente tomar uma dose de dexametasona, uma substância que age como o cortisol. Se a pessoa não tiver um tumor suprarrenal sua produção de cortisol e outros hormônios será reduzida. Em pessoas com um tumor suprarrenal, os níveis hormonais permanecerão altos após receberem a dexametasona.

Exames para medir o Nível de Aldosterona

Um nível de aldosterona elevado significa que o tumor está presente. Além disso, a aldosterona alta leva a níveis baixos de potássio e renina no sangue.

Exames para medir o Nível de Estrogênio e Androgênio


Os pacientes com tumores produtores de andrógenos terão níveis altos de sulfato de dehidroepiandrosterona (DHEAS) ou testosterona e os pacientes com tumores que produzem estrogênio terão níveis elevados de estrogênio no sangue.

Fonte: American Cancer Society (25/02/2015)


Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2022 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive