Categorias


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Amgen Pfizer AstraZeneca Bayer Janssen MSD Mundipharma Takeda Astellas UICC GBT Abbvie Ipsen Sanofi Grunenthal Daiichi Sankyo


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

Estatísticas para 2021: redução na mortalidade por câncer nos EUA

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 18/01/2021 - Data de atualização: 18/01/2021


O ano começa com a esperada publicação das estimativas de câncer norte-americanas para 2021. A tradicional publicação do CA: A Cancer Journal for Clinicians mostrou que são esperados este ano nos EUA cerca de 1,9 milhão de novos casos e infelizmente mais de 600 mil óbitos. No entanto, temos boas notícias, houve redução na mortalidade global por câncer, caindo 2,4% entre 2017 e 2018, sendo esta a maior queda já documentada pela American Cancer Society (ACS).

No período entre 1991 e 2018 a mortalidade global por câncer caiu 31% e 3,2 milhões de mortes foram evitadas neste período. Importante destacar que estes dados de incidência e mortalidade não refletem a atual pandemia de Covid-19. 

Diagnóstico precoce é um dos responsáveis pela redução de mortalidade por câncer
Os pesquisadores atribuem a redução na mortalidade à diminuição do tabagismo, ao diagnóstico precoce e a melhoria nos tratamentos, levando a melhora nos números nos 4 principais cânceres nos EUA: pulmão, mama, colorretal e próstata, com destaque para o primeiro com significativa tendência de queda na mortalidade. Esta redução nas mortes pelo segundo ano consecutivo é de -2,4% em relação ao ano anterior, resultado que tem sido ano a ano mais baixo. O câncer de pulmão hoje representa cerca de 46% das mortes evitadas nos últimos tempos.

Outro destaque da publicação se refere à vacinação pelo HPV nos EUA. Mesmo lá o câncer de colo uterino segue causando centenas de óbitos anualmente. São 11 mortes diárias, metade em mulheres com menos de 50 anos. Ainda é a segunda causa de morte entre mulheres de 20-30 anos. Apesar de disponíveis e recomendadas pela American Cancer Society para crianças entre 9-12 anos, a cobertura vacinal anti-HPV lá é inferior a de outros países desenvolvidos (57% ante 80% na Austrália e 90% no Reino Unido).

Os pesquisadores destacaram ainda:

  • o câncer é a principal causa de morte entre hispânicos e americanos de origem asiática;
  • a sobrevida global em 5 anos é de 68% para brancos e 63% para negros;
  • considerando todos os estádios a sobrevida em 5 anos é mais alta para o câncer de próstata (98%) depois melanoma (93%), mama (90%) e as piores pâncreas (10%), fígado e esôfago (20%) e apesar dos avanços – pulmão (21%);
  • a incidência de câncer de mama subiu 0,5% ao anos entre 2008-2017 e essa elevação é atribuída em parte a diminuição da fertilidade e o aumento do sobrepeso;
  • câncer colorretal ultrapassou leucemia em 2018 como a segunda causa de óbito em homens com 20-39 anos;

É uma publicação muito importante, visto que o câncer é um problema de saúde pública mundial, atualiza a magnitude do problema nos EUA e os desafios gigantescos que a sociedade, médicos, cientistas, pacientes e seus familiares têm de enfrentar, e também a preocupação com a incorporação de novos (e caros) tratamentos, mas a queda de 31% na mortalidade em geral, as 3,2 milhões de mortes evitadas têm de ser comemorados.

Figura ilustrativa com a incidência e mortalidade dos principais tipos de câncer, EUA, 2021

Fonte: PebMed

As opiniões contidas nas matérias divulgadas refletem unicamente a opinião do veículo, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte do Instituto Oncoguia.

Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2021 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive