Tipos de Câncer

Linfoma de Pele

Categorias


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Bayer Janssen MSD Mundipharma Takeda Astellas UICC GBT Abbvie Ipsen Danone Nutricia Sanofi Grunenthal Sirtex Servier Oncologia


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

Estadiamento do Linfoma de Pele

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 25/01/2014 - Data de atualização: 05/04/2017


Uma vez diagnosticado o linfoma, são realizados exames para determinar o estágio da doença. O tratamento e prognóstico para um paciente com linfoma de pele dependem tanto do tipo exato e da fase em que se encontra a enfermidade.

Os exames usados para determinar o estadiamento incluem:

  • Exame físico.
  • Biópsias.
  • Exames de sangue.
  • Exames de imagem.

Os sistemas de estadiamento para os linfomas de pele foram desenvolvidos pela Sociedade Internacional para linfomas cutâneos (ISCL) e pela Organização Europeia para Pesquisa e Tratamento do Câncer (EORTC). Existem dois diferentes sistemas, uma para micose fungóide e síndrome de Sézary e outro para linfomas de pele.

Sistema de Estadiamento para Micose Fungoide e Síndrome de Sézary

O sistema de estadiamento para micose fungoide e síndrome de Sézary estão baseados em quatro fatores:

  • T. Indica o quanto da pele foi atingida pelo linfoma.
  • N. Descreve se existe disseminação do linfoma para os linfonodos regionais.
  • M. Indica se existe presença de metástase em outras partes do corpo.
  • B. Indica se existem células de linfoma no sangue.

  • Tumor Primário (T)

T1. As lesões cutâneas podem ser pequenas manchas, pápulas e/ou placas, mas as lesões cobrem menos de 10% da superfície da pele.

T2. As manchas, pápulas e/ou placas cobrem 10% ou mais da superfície da pele.

T3. Pelo menos uma das lesões cutâneas é um tumor de até 1 cm de diâmetro.

T4. As lesões cutâneas se disseminaram e cobrem pelo menos 80% da superfície da pele.

  • Linfonodos Regionais (N)

N0. Os linfonodos não estão aumentados e não é necessária a biópsia do linfonodo.

N1. Os linfonodos estão aumentados, mas os padrões de células parecem normais sob o microscópio.

N2. Os linfonodos estão aumentados e os padrões das células parecem anormais sob o microscópio.

N3. Os linfonodos estão aumentados e os padrões das células parecem muito anormais sob o microscópio.

NX. Os linfonodos estão aumentados, mas não foram removidos para serem observados sob o microscópio.

  • Metástase à Distância (M)

M0. As células de linfoma não se disseminaram para fora da pele ou dos nódulos linfáticos.

M1. As células do linfoma se disseminaram para outros órgãos, como fígado e baço.

  • Células de Linfoma no Sangue (B)

B0. Menos de 5% dos linfócitos no sangue são células de Sézary.

B1. Baixo número de células de Sézary no sangue.

B2. Elevado número de células de Sézary no sangue.

  • Estágios do Câncer

Estágio. T1, N0, M0, B0 ou B1.

Estágio IB. T2, N0, M0, B0 ou B1.

Estágio IIA. T1 ou T2, N1 ou N2, M0, B0 ou B1.

Estágio IIB. T3, N0 a N2, M0, B0 ou B1.

Estágio IIIA. T4, N0 a N2, M0, B0.

Estágio IIIB. T4, N0 a N2, M0, B1.

Estágio IVA1. Qualquer T, N0 a N2, M0, B2.

Estágio IVA2. Qualquer T, N3, M0, qualquer B.

Estágio IVB. Qualquer T, qualquer N, M1, qualquer B.

Sistema de Estadiamento para Linfomas de Pele

O sistema de estadiamento para os tipos de linfoma de pele diferente de micose fungóide e da síndrome de Sézary ainda é relativamente novo, e os médicos estão tentando determinar sua utilidade. Esse sistema inclui três fatores:

  • T. Descreve o quanto da pele é afetada pelo linfoma.
  • N. Descreve se existem gânglios linfáticos comprometidos.
  • M. Indica se existe a disseminação da doença em outros órgãos.

  • Tumor Primário (T)

T1. Existe apenas uma única lesão de pele.
T1a. O tamanho da lesão é de até 5 cm de diâmetro.
T1b. O tamanho da lesão é maior do que 5 cm de diâmetro.

T2. Existem duas ou mais lesões na pele. Estes locais podem ser apenas numa região do corpo ou em duas regiões do corpo próximas.
T2a. Todas as lesões da pele podem ser colocadas dentro de um círculo de até 15 cm de diâmetro.
T2b. O círculo necessário para circundar todas as lesões está entre 15 cm a 30 cm de diâmetro.
T2c. O círculo necessário para circundar todas as lesões da pele é maior do que 30 cm de diâmetro.

T3. Existem lesões na pele em diferentes regiões do corpo ou em pelo menos três regiões diferentes do corpo.
T3a. Existem muitas lesões envolvendo duas regiões do corpo, distantes umas das outras.
T3b. Existem muitas lesões que envolvem três ou mais regiões do corpo.

  • Linfonodos Regionais (N)

N0. Nenhum dos gânglios linfáticos está aumentado ou contêm células de linfoma.

N1. Existem células de linfoma nos nódulos linfáticos que drenam uma área da pele que contém linfoma.

N2. Uma das seguintes condições é verdadeira: pelo menos dois grupos de linfonodos contêm células de linfoma, ou existem células de linfoma em linfonodos que não drenam áreas que contém linfoma.

N3. Os linfonodos dentro do tórax ou no abdome contêm células de linfoma.

  • Metástase à Distância (M)

M0. Ausência de metástase à distância.

M1. Metástase à distância.

Fonte: American Cancer Society (24/02/2016)


Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2020 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive