Categorias


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Bayer Janssen MSD ACS Mundipharma Takeda Susan Komen UICC Libbs Healthy Americas GBT Abbvie Ipsen Shire


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

Dificuldade de Deglutição

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 24/03/2013 - Data de atualização: 24/03/2013


O tratamento do câncer tem por finalidade a cura ou alívio dos sintomas da doença. Os tratamentos com medicamentos (quimioterapia, terapia alvo, hormonioterapia), cirúrgicos e radioterápicos podem provocar efeitos colaterais que variam de paciente para paciente dependendo de múltiplos fatores, podendo ser diferentes quanto a intensidade e duração. Alguns pacientes poderão apresentar efeitos colaterais mais severos, outros mais leves ou mesmo não apresentar qualquer efeito colateral. Em caso de você apresentar algum efeito colateral devido ao tratamento que está realizando procure imediatamente seu médico para receber as orientações necessárias para seu caso.

Dificuldade para engolir (disfagia) acontece quando o paciente apresenta dificuldades na passagem do alimento ou líquido pela garganta. Alguns podem vomitar, tossir ou engasgar-se tentando engolir, enquanto outros podem ter dor ou sentir como se o alimento estivesse preso na garganta.

Causas

A dificuldade de deglutição pode ser consequência do próprio câncer, especialmente de esôfago ou garganta, que podem reduzir ou estreitar o esôfago. A dificuldade de deglutição também é um efeito colateral comum de alguns tratamentos. Os potenciais efeitos colaterais da cirurgia, radioterapia ou quimioterapia, incluem:

  • Feridas, dor ou inflamação na garganta, esôfago e boca (mucosite).
  • Boca seca.
  • Infecções na boca ou esôfago.
  • Inchaço ou constrição da garganta ou no esôfago.
  • Mudanças físicas na boca, boca, garganta ou esôfago.

Gerenciamento

A falta de ar ou engasgos durante a deglutição é desagradável. O médico poderá encaminhá-lo ao otorrinolaringologista ou fonoaudiólogo, que o orientarão na utilização dos músculos da boca e garganta. O fonoaudiólogo ensinará como engolir com mais facilidade, evitando engasgos e falta de ar ao comer ou beber.

O médico também pode receitar medicamentos para reduzir a inflamação e dor, que dependendo do caso, pode ser apenas bochechos antes das refeições. Pacientes com infecção na boca ou garganta, por fungos, como candidíase, podem precisar fazer uso de medicamentos para tratar a infecção.

Se a deglutição tornar difícil a alimentação, pode ser necessário receber a alimentação através de um tubo até que se torne mais fácil o ato de engolir.

Dicas de Alimentação para Pacientes com Dificuldade de Deglutição

Dependendo da gravidade e causa dos problemas de deglutição, algumas dicas podem ser mais úteis para alguns pacientes do que para outros:

  • Comer alimentos macios, suaves, como iogurte, pudim e sorvete.
  • Umedecer levemente os alimentos secos com caldo de carne, molhos, manteiga ou leite.
  • Tentar um preparo mais suave de suas frutas e legumes favoritos, como purê de maçã ou cenoura.
  • Usar canudo para beber líquidos e alimentos moles.
  • Consuma alimentos frios ou à temperatura ambiente.
  • Cortar os alimentos em pedaços pequenos e mastigar lentamente.
  • Sentar ereto quando comer ou beber.
  • Se estiver perdendo peso, coma porções menores, a intervalos menores.
  • Evitar alimentos secos, ásperos ou duros, que precisam de muita mastigação.


Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2019 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive