Categorias


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Bayer Janssen MSD ACS Mundipharma Takeda Susan Komen UICC Libbs Healthy Americas GBT Abbvie Ipsen Shire


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

Dieta com baixo teor de gordura aumenta taxa de sobrevivência ao câncer

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 06/11/2018 - Data de atualização: 06/11/2018


. (Reprodução/Getty Images)

São Paulo – Uma simples mudança na dieta pode ajudar a aumentar a taxa de sobrevivência de crianças obesas com leucemia linfoblástica aguda, o câncer infantil mais comum, de acordo com um novo estudo feito por cientistas da Universidade da Califórnia.

O estudo partiu de uma comprovação anterior de que a obesidade é um fator determinante na eficácia da quimioterapia em crianças, podendo até mesmo influenciar no próprio diagnóstico de câncer. Pesquisas anteriores da mesma equipe constataram que, após a quimioterapia, crianças obesas com leucemia têm uma taxa de recaída 50% maior que as magras. Estudos recentes também descobriram que uma em cada três crianças com leucemia linfoblástica aguda estava com sobrepeso ou obesidade no momento do diagnóstico.

Mudança de dieta quintuplica taxa de sobrevivência

Para realizar o estudo, a equipe administrou a quimioterapia em camundongos obesos e não obesos com leucemia. Os pesquisadores descobriram que, se as cobaias obesas passassem de uma dieta rica em gorduras para uma dieta com baixo teor de gordura imediatamente antes de iniciar a quimioterapia, os resultados seriam significativamente melhores, com a taxa de sobrevivência chegando a ser a cinco vezes maior.

“A coisa mais animadora para mim sobre este estudo é o fato de que isso mostra que uma intervenção dietética poderia potencialmente nos ajudar a matar células de leucemia em crianças com leucemia linfoblástica aguda”, disse Steven Mittelman, endocrinologista e coordenador do estudo. “Os tratamentos atuais para a leucemia são muito tóxicos, então encontrar uma maneira de usar uma dieta saudável, sem aumentar a toxicidade da terapia para tratar pessoas com câncer seria incrível.”

O resultado anima os médicos principalmente pela facilidade de se implantar uma mudança com resultados tão eficazes. A equipe já iniciou um estudo piloto com humanos no Hospital Infantil de Los Angeles para testar os efeitos de dietas somadas a atividades físicas sobre a redução do ganho de gordura durante a quimioterapia de crianças com esse tipo específico de câncer.

Fonte: EXAME

As opiniões contidas nas matérias divulgadas refletem unicamente a opinião do veículo, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte do Instituto Oncoguia.

Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2018 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive