Tipos de Câncer

Mieloma Múltiplo


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Amgen Pfizer AstraZeneca Bayer Janssen MSD Mundipharma Takeda Astellas UICC GBT Abbvie Ipsen Sanofi Grunenthal Daiichi Sankyo


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

Diagnóstico do mieloma múltiplo

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 28/06/2015 - Data de atualização: 04/08/2021


O resultado de um único exame não é suficiente para diagnosticar o mieloma múltiplo. O diagnóstico é baseado numa combinação de dados, incluindo os sintomas do paciente, exame físico realizado pelo médico e resultados dos exames de sangue e de imagem.

O diagnóstico do mieloma múltiplo requer pelo menos uma das seguintes opções:

  1. Diagnóstico de tumor de células plasmáticas (comprovado por biópsia) ou que pelo menos 10% das células da medula óssea sejam células plasmáticas.
  2. E pelo menos um dos seguintes:
  • Nível de cálcio elevado no sangue.
  • Insuficiência renal.
  • Anemia.
  • Lesões nos ossos devido ao crescimento do tumor, diagnosticadas nos exames de imagem.
  • Aumento em um tipo de cadeias leves no sangue de modo que um tipo é 100 vezes mais comum do que o outro.
  • 60% ou mais de células plasmáticas na medula óssea.

Mieloma latente

Este termo é usado para o mieloma em estágio inicial assintomático. As pessoas com mieloma latente apresentam alguns sinais como:

  • Células plasmáticas na medula óssea entre 10 e 60%.
  • Nível elevado de imunoglobulina monoclonal (proteína M) no sangue.
  • Nível elevado de cadeias leves na urina, também denominada proteína de Bence-Jones.

No entanto, os valores sanguíneos, os níveis de cálcio e a função renal são normais, não apresentam nenhum dano ósseo ou em algum órgão, e também não se observam sinais de amiloidose.

Amiloidose de cadeia leve

Um diagnóstico de amiloidose de cadeia leve é confirmado quando o paciente apresenta:

  • Sinais e sintomas de amiloidose.
  • Biópsia com presença de amiloidose em qualquer tecido.
  • Teste positivo mostrando que a proteína amiloide é uma cadeia leve e não uma cadeia pesada
  • Células plasmáticas anormais na medula óssea, níveis elevados de proteína M no sangue ou níveis elevados de proteína M na urina.

Texto originalmente publicado no site da American Cancer Society, em 28/02/2018, livremente traduzido e adaptado pela Equipe do Instituto Oncoguia.



Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2021 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive