Tipos de Câncer

Mieloma Múltiplo


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Bayer Janssen MSD Mundipharma Takeda Astellas UICC GBT Abbvie Ipsen


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

Diagnóstico do Mieloma Múltiplo

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 28/06/2015 - Data de atualização: 14/05/2018


O resultado de um único exame não é suficiente para diagnosticar o mieloma múltiplo. O diagnóstico é baseado numa combinação de fatores, incluindo os sintomas do paciente, exame físico realizado pelo médico e resultados dos exames de sangue e de imagem.

O diagnóstico do mieloma múltiplo requer pelo menos uma das seguintes opções:

Diagnóstico de tumor de células plasmáticas (comprovado por biópsia) ou que pelo menos 10% das células da medula óssea sejam células plasmáticas.

E pelo menos um dos seguintes:

  • Nível de cálcio elevado no sangue.
  • Insuficiência renal.
  • Anemia.
  • Lesões nos ossos devido ao crescimento do tumor, diagnosticados nos exames de imagem.
  • Aumento em um tipo de cadeias leves no sangue de modo que um tipo é 100 vezes mais comum do que o outro.
  • 60% ou mais de células plasmáticas na medula óssea.

Mieloma Latente

Este termo é usado para o mieloma em estágio inicial, que não está causando nenhum sintoma. As pessoas com mieloma latente apresentam alguns sinais como:

  • Células plasmáticas na medula óssea entre 10 e 60%.
  • Nível elevado de imunoglobulina monoclonal (proteína M) no sangue.
  • Nível elevado de cadeias leves na urina, também denominada proteína de Bence-Jones.

No entanto, os valores sanguíneos são normais,  os níveis de cálcio e a função renal são normais, não apresenta nenhum dano ósseo ou em algum órgão e não se observam sinais de amiloidose.

Amiloidose de Cadeia Leve


Um diagnóstico de amiloidose de cadeia leve é confirmado quando o paciente apresenta:

  • Sinais e sintomas de amiloidose.
  • Biópsia com presença de amiloidose em qualquer tecido.
  • Teste positivo mostrando que a proteína amiloide é uma cadeia leve e não uma cadeia pesada
  • Células plasmáticas anormais na medula óssea.
  • Cadeias leves livres aumentadas no sangue.
  • Cadeias leves aumentadas na urina, também denominadas proteína de Bence-Jones.

Fonte: American Cancer Society (28/02/2018)


Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2020 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive