Categorias


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Bayer Janssen MSD Mundipharma Takeda Astellas UICC GBT Abbvie Ipsen


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

'Covid-19 não deve interromper tratamento contra o câncer', orienta médico

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 24/03/2020 - Data de atualização: 24/03/2020


A população ainda tem muitas dúvidas sobre procedimentos que devem ser adotados com o novo Coronavírus (Covid-19) para os pacientes com tumores cancerígenos. "O tratamento do câncer é uma prioridade e não deve ser interrompido", orienta o médico oncologista Ramon Andrade de Mello.

O especialista reforça que a Sociedade Brasileira de Oncologia Clínica (SBOC) e a Sociedade Portuguesa de Oncologia (SPO) recomendam que os tratamentos não devem ser interrompidos. "Salvo alguns casos, que devem ser avaliados pelos médicos responsáveis pelos pacientes. O risco do câncer progredir, ou a pessoa vir a falecer de um câncer, é bem maior do que o paciente falecer pelo novo coronavírus. O paciente que tem câncer deve se preocupar com o tratamento oncológico", esclarece Mello.

Entre outras recomendações, a SBOC aconselha que as pessoas com qualquer sintoma de gripe, e que tiverem contato com terceiro na mesma condição ou com diagnóstico confirmado de Covid-19, devem evitar, ao máximo, aproximar-se de pacientes com câncer.

"Aqueles que têm diagnóstico de câncer e estão em tratamento, embora sem uma recomendação anterior, tenho orientado aos meus pacientes que utilizem máscaras para evitar o contágio ou, em alguns casos, consultadas por telemedicina", diz. Ele lembra que esse procedimento por meio de whatsapp, Skype ou zoom foi aprovado pelo Conselho Federal de Medicina (CFM). Os familiares desses pacientes também precisam utilizar máscaras porque eles podem estar com o vírus e não apresentar sintomas, além de outros cuidados recomendados".

O especialista reforça que os pacientes em processo de diagnóstico do câncer não devem adiar as consultas. Ele lembra que o tratamento curativo do tumor ocorre na fase inicial da doença. "Se você tem um paciente aguardando um diagnóstico ou uma cirurgia de câncer, e adia até mesmo a quimioterapia, ele está dando margem para o câncer progredir e perde a chance de curabilidade", esclarece Mello.

Fonte: Folha Vitória

As opiniões contidas nas matérias divulgadas refletem unicamente a opinião do veículo, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte do Instituto Oncoguia.



Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2020 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive