Categorias


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Bayer Janssen MSD ACS Mundipharma Takeda Susan Komen Astellas UICC Libbs Healthy Americas GBT Abbvie Ipsen Shire


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

Consciência e prevenção de mãos dadas

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 18/09/2019 - Data de atualização: 18/09/2019


Flávio Carneiro Machado, de 66 anos, teve dois casos de câncer de próstata na família. Seu pai e seu tio foram diagnosticados com a doença e passaram por cirurgia. Por isso, desde os 42 anos de idade, Flávio realiza exames de rastreamento anuais e foi diagnosticado com um aumento benigno da próstata. Para tratar este aumento, Flávio toma regularmente dois remédios.

Em mais de 20 anos de monitoramento, Flávio nunca passou um ano sequer sem realizar os exames. Porém em 2018, por causa da greve dos caminhoneiros, profissão que exerce, ele acabou perdendo o agendamento para a realização de uma biópsia que havia sido marcada após seu último exame de toque apresentar alteração e seu PSA estar elevado. Mais de um ano depois, sem conseguir reagendar a biópsia, Flávio procurou o Oncoguia em maio deste ano para pedir uma orientação de como poderia viabilizar esse agendamento.

“Por causa dos casos na minha família, sempre soube da importância de me cuidar e fazer meus exames regularmente, por isso, nunca tinha perdido uma consulta até acontecer a greve e eu estar muito longe de casa sem poder voltar”, conta.

Informação que resolve

Nossa especialista de atendimento do canal Ligue Câncer, Vilmena Cruz, orientou-o a procurar o programa do Governo “Filho que ama o pai leva o pai ao AME”, onde conseguiu uma consulta para o mês seguinte, junho, com um clínico geral. No AME, Flávio realizou um novo exame de PSA e eletrocardiograma. Também já saiu da consulta com um agendamento com um urologista. Com o PSA novamente alterado, foi marcada uma biópsia para agosto. Logo após o exame, ele passou novamente pelo urologista que descartou a presença de câncer, porém ele foi diagnosticado com uma Hiperplasia Prostática Crônica.

“Mesmo não sendo câncer o que tenho, sou imensamente grato ao Oncoguia pelas orientações. Foi só com a ajuda de vocês que consegui ter minhas consultas e exames marcados. Se eu não tivesse feito a biópsia, não saberia se era algo mais sério ou não”, relatou Flávio.  

No começo de setembro, Flávio realizou uma raspagem. “Agora estou mais tranquilo. Ainda estou com um pouco de dificuldade para urinar, mas o médico disse que é por causa da raspagem e logo passa. Logo também já vou poder parar de tomar os remédios que tomo há anos.”

Flávio é um exemplo do que chamamos de paciente ativo e responsável. Mesmo sem ter câncer, ele se conscientizou da importância de cuidar de pertinho da própria saúde sabendo que o fato de ter casos de câncer de próstata na família é um importante fator de risco para que ele venha a desenvolver a doença. Assim, ele aumenta suas chances de ter um diagnóstico precoce, que lhe garante melhores chances de cura e qualidade de vida.
 
E você, está com alguma dúvida, precisa de orientação ou simplesmente precisa conversar com alguém sobre o seu caso? Entre em contato com o Oncoguia.

Canais Oncoguia



Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2019 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive