Categorias


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Bayer Janssen MSD Mundipharma Takeda Astellas UICC GBT Abbvie Ipsen Danone Nutricia Sanofi Grunenthal Sirtex Servier Oncologia


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

Conitec recomenda incorporação de medicações para melanoma 

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 10/07/2020 - Data de atualização: 10/07/2020


O que houve?

Em dezembro de 2019, foi aberta a Consulta Pública Nº 85, de 31 de Dezembro de 2019  para manifestação da sociedade civil a respeito da recomendação da Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no Sistema Único de Saúde (CONITEC) relativa à proposta de incorporação da terapia-alvo (vemurafenibe, dabrafenibe, cobimetinibe, trametinibe) e imunoterapia (ipilimumabe, nivolumabe, pembrolizumabe) para o tratamento de primeira linha do melanoma avançado não-cirúrgico e metastático.

O Instituto Oncoguia, na oportunidade, em conjunto com Instituto Melanoma Brasil, elaborou Carta Aberta sobre o assunto, além de enviar suas contribuições técnicas-científicas para a Comissão.

O Instituto Oncoguia destacou  sua discordância da recomendação preliminar da Conitec de não incorporar as terapias demandadas, apresentando suas argumentações e bases científicas para tanto. Veja nosso informe sobre  o tema.

Paralelamente à participação na Consulta Pùblica, o Instituto Oncoguia também contatou o Ministério da Saúde e Farmacêuticas produtoras dos medicamentos demandados, solicitando às farmacêuticas, com base no potencial terapêutico dos insumos, a redução de seus valores/preço com vias a viabilizar sua incorporação ao Sistema Único de Saúde. Ao Ministério da Saúde, com pedido endereçado ao Sr. Secretário da SCTIE, requeremos esforços compartilhados entre Governo e laboratórios para garantia de tratamento eficaz para os pacientes de melanoma avançado no SUS.

Finalmente,  no último dia 8 de julho, a CONITEC, em reunião plenária, reviu seu posicionamento inicial e deliberou pela recomendação da imunoterapia Classe anti PD1 (nivolumabe e pembrolizumabe) para o tratamento de primeira linha do melanoma avançado não cirúrgico e metastático.

E agora?

O secretário da SCTIE - Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos do Ministério da Saúde - avaliará o relatório de recomendação e decidirá, por meio de Portaria, sobre a proposta de incorporação. Antes de decidir, ele poderá, se entender necessário, determinar a realização de audiência pública. 



Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2020 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive