Espaço do

Familiar


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Bayer Janssen MSD Mundipharma Takeda Astellas UICC GBT Abbvie Ipsen Danone Nutricia Sanofi Grunenthal Sirtex Servier Oncologia


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

Como ser um cuidador e manter seu emprego

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 09/12/2019 - Data de atualização: 09/12/2019


Ser cuidador pode ser um trabalho de período integral, porém muitos cuidadores já têm empregos fixos. Isso pode provocar problemas relacionados ao trabalho, como dias perdidos, baixa produtividade e faltas. Alguns cuidadores precisam tirar férias não remuneradas, recusar promoções ou perder benefícios no trabalho. O estresse de cuidar de alguém, além de se preocupar em manter seu emprego, pode ser muito difícil. Lidar com essas questões é importante tanto para o empregador quanto para o empregado.

Durante o período do diagnóstico, em alguma etapa mais intensa do tratamento e até mesmo no fim da vida do paciente, a demanda do cuidador será muito maior do que de costume. O cuidador com emprego formal pode ter que abrir mão do seu emprego durante um tempo para se dedicar ao paciente.

Dependendo do tipo de trabalho, como os temporários e freelances, por exemplo,  isso é muito difícil. Se eles não trabalham, não recebem. Já aqueles com empregos formais com carteira assinada, talvez consigam algum tipo de licença temporária.

Algumas pessoas acham melhor diminuir a jornada para meio período, sempre dependendo do contratador. Se você precisar manter seu emprego, mas as interrupções e o tempo estiverem criando problemas, convém procurar um esquema diferente para os horários em que seu ente querido mais precisa de você. Algumas empresas permitem que você tire férias remuneradas se estiver cuidando de um cônjuge ou parente próximo. Por exemplo, você pode trabalhar meio dia ou em turnos divididos ou tirar um dia por semana para consultas médicas.



Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2020 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive