top
Profissionais

Colunistas


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Boehringer Eisai Bayer Janssen MSD ACS Mundipharma Takeda Susan Komen Astellas UICC Libbs Healthy Americas


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

Como reconhecer um Melanoma

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 29/10/2015 - Data de atualização: 04/02/2016


Melanoma é o mais agressivo dos cânceres da pele. Felizmente é um câncer raro. Melanoma pode surgir em pessoas jovens, sendo mais comum a partir dos 30 anos de idade. Em mulheres jovens (25-29 anos) é a principal causa de óbito por câncer. Nas mulheres os locais mais comuns de aparecimento são as pernas e as costas. Nos homens o local mais comum são as costas.

Uma das dificuldades no diagnóstico precoce do melanoma é ser pouco sintomático, não coça, não dói, não arde. Para ajudar a reconhecer precocemente um melanoma existe uma regra prática: Regra do ABCDE



A. Assimetria: As metades não são iguais
B. Bordas irregulares e de final abrupto
C. Cor: Presença de mais de 1 cor
D. Diâmetro maior que 6 mm
E. Evolução: Mudança ou crescimento recente.

Se encontrar uma lesão suspeita não espere, agende uma consulta com seu dermatologista. O diagnóstico precoce é o melhor caminho para o tratamento adequado.

Dr. Gustavo Alonso Pereira
Médico Dermatologista
CRM-SP 97410 RQE 37815



Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2017 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive