Tipos de Câncer

Câncer de Vagina

Categorias


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Bayer Janssen MSD Mundipharma Takeda Astellas UICC GBT Abbvie Ipsen Danone Nutricia


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

Como Prevenir o Câncer de Vagina

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 03/10/2015 - Data de atualização: 18/05/2018


A melhor maneira de reduzir o risco do câncer de vagina é evitar os fatores de risco conhecidos e tratar quaisquer lesões vaginais pré-cancerígenas. Mas, muitas mulheres não apresentam fatores de risco conhecidos, logo nem sempre é possível evitar completamente a doença.

Os principais fatores que devem ser evitados para prevenir o câncer de vagina são:

  • Exposição ao HPV. A infecção pelo vírus do papiloma humano (HPV) é um fator de risco para o câncer de vagina. Nas mulheres, as infecções por HPV ocorrem principalmente em idades mais jovens e são menos comuns em mulheres com mais de 30 anos. A razão para isto não é clara. A maioria destas infecções em mulheres jovens desaparece espontaneamente, mas em alguns casos, o DNA do HPV permanece no interior das células do colo do útero e vagina, podendo, muitos anos depois, levar a alterações pré-cancerígenas e até ao câncer. Certos tipos de comportamento sexual aumentam o risco de uma mulher contrair uma infecção genital por HPV, como: ter relações sexuais desde idade precoce, ter muitos parceiros sexuais, ter um parceiro que teve muitos parceiros sexuais, e ter relações sexuais com homens não circuncidados.

  • Uso de Preservativos. O uso de preservativos fornece alguma proteção contra o HPV, mas não protege completamente contra o HPV, porque não cobre todas as áreas infectadas pelo vírus, como a pele sobre a área genital ou anal. Ainda assim, os preservativos fornecem alguma proteção contra o HPV, e também contra o HIV e outras doenças sexualmente transmissíveis.

  • Vacina. Existem vacinas que protegem contra a infecção para determinados tipos de HPV. Essas vacinas são utilizadas apenas para prevenir a infecção por HPV, e não para tratar uma infecção já existente. Para ser mais eficaz, a vacina deve ser administrada antes da mulher se tornar sexualmente ativa. Essas vacinas estão aprovadas para prevenir cânceres vaginais e pré-cânceres, bem como verrugas anais e genitais.

  • Não Fumar. Não fumar é uma das maneiras de diminuir o risco de câncer de vagina. As mulheres que não fumam também têm menor probabilidade de desenvolver vários outros tipos de câncer, como de pulmão, boca, garganta, bexiga, rins e de vários outros órgãos.

  • Tratar Condições Pré-Cancerígenas. A maioria dos cânceres de células escamosas são alterações pré-cancerígenas denominadas neoplasias intraepiteliais vaginais, que podem estar presentes por anos até se transformarem em um câncer invasivo. Esses pré-cânceres algumas vezes podem ser diagnosticados no rastreamento do câncer de colo do útero.

  • Exame de Papanicolaou e Exames Pélvicos. A neoplasia intraepitelial vaginal pode não ser visível durante um exame de rotina, mas pode ser diagnosticada pelo exame de Papanicolaou. Como o câncer de colo do útero é muito mais comum do que o câncer de vagina, amostras para o exame de Papanicolaou são retiradas do colo do útero. O principal objetivo do Papanicolaou é diagnosticar cânceres e pré-cânceres no colo do útero e da vagina. O exame de Papanicolaou pode ser realizado por citologia convencional ou citologia em meio líquido.

Fonte: American Cancer Society (19/03/2018)


Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2020 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive