Categorias


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Bayer Janssen MSD Mundipharma Takeda Astellas UICC GBT Abbvie Ipsen Danone Nutricia Sanofi Grunenthal Sirtex Servier Oncologia


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

Como lidar com o diagnóstico de câncer?

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 29/02/2016 - Data de atualização: 29/02/2016


Recebendo o Diagnóstico

Inicialmente, a maioria das pessoas precisa de algum tempo para se ajustar ao fato de que estão com câncer. Elas precisam de tempo para pensar no que é mais importante em suas vidas e a aceitar o apoio de seus familiares e amigos. Para muitos, este é um momento emocionalmente difícil e, por isso, sentimentos como raiva, medo, choque e descrença são normais. Estes sentimentos usam uma grande quantidade de energia mental, o que pode dificultar o entendimento de todas as informações médicas sobre a doença e seu tratamento. Provavelmente, o paciente precisará de algum tempo para absorver e compreender seu diagnóstico e as opções de tratamento disponíveis para o seu caso.

Lidando com a Doença


As pessoas lidam com o câncer como lidam com muitos outros problemas na vida – cada pessoa a sua maneira. Com tempo e prática, a maioria dos pacientes encontra maneiras de continuar com seu trabalho, hobbies e as relações sociais. Encontram novas ou diferentes maneiras de viver suas vidas ao máximo.

Saiba o máximo que puder sobre seu tipo de câncer e os tratamentos disponíveis. Algumas pessoas sentem que saber mais sobre seu tipo de câncer e os tipos de tratamento disponíveis dá um maior senso de controle sobre tudo que está acontecendo. Junto com sua equipe médica, podemos esclarecer suas dúvidas sobre a doença e ajudar a encontrar outras fontes de informação. Para maiores informações entre em contato com o nosso Programa de Apoio ao Paciente (PAP) ligando gratuitamente, de telefone fixo, para 0800 773 1666 ou enviando um e-mail com sua dúvida pelo contato do nosso portal. Você também pode enviar uma mensagem com sua dúvida pelo nosso Facebook (será necessário também o contato pelo telefone).

Expresse seus sentimentos. Muitas pessoas acreditam que expressar tristeza, medo ou raiva é um sinal de fraqueza. Na verdade, o oposto é frequentemente verdadeiro. É muito mais difícil expressar emoções do que tentar escondê-las. Esconder os sentimentos pode tornar mais difícil saber como lidar com eles. Existem muitas maneiras de expressar seus sentimentos, tente encontrar um que se encaixa com você, como conversar seus familiares e amigos, fazer anotações em um diário ou até mesmo criar um blog. Alguns pacientes também expressam seus sentimentos através da música, pintura ou desenho.

Cuide de si próprio. Tire um tempo para fazer algo que você goste todos os dias, como cozinhar seu prato favorito, bater papo com um familiar ou amigo, assistir a um filme, meditar, ouvir sua música favorita ou fazer qualquer outra coisa que você realmente gosta.

Exercício. Se tiver condições clínicas e o médico concordar, inicie um programa de exercícios leves, como caminhada, ioga, natação ou alongamento. O exercício pode ajudá-lo a se sentir melhor.

Procure outras pessoas. É difícil para qualquer pessoa lidar com o câncer sozinho. Aceite a ajuda de seus familiares, amigos ou organizações de apoio. Eles podem o ajudar a se sentir menos sozinho, compartilhando seus medos, esperanças e sucessos.

Tente focar naquilo que você pode controlar e não no que você não pode. Se manter esperançoso pode melhorar sua qualidade de vida. É normal você se sentir triste, estressado, inseguro ou até mesmo se lamentar de como sua vida mudou. Quando isso acontece, expressar esses sentimentos ajudam a se sentir no controle da situação ao invés de ser dominado pelas emoções. Isso libera energia para outras coisas com as quais você precisa lidar.

Câncer e Depressão

Muitas pessoas passam por um período de sofrimento e tristeza quando recebem o diagnóstico de câncer. Essa tristeza pode parecer depressão, mas não é a mesma coisa. Cerca de 1 em cada 4 pessoas com câncer se sentem realmente deprimidas. As pessoas deprimidas têm menos disposição para as atividades diárias e para tomar decisões. A depressão, muitas vezes, pode tornar mais difícil manter o esquema de tratamento do câncer.

Sinais de Depressão


Você pode estar deprimido se:

  • O seu tempo de luto dura semanas e não parece melhorar com o tempo.
  • Você tem se sentido inútil ou sem esperança.
  • O seu luto está provocando problemas em suas atividades diárias.

Obtendo Ajuda


Algumas pessoas têm vergonha ou medo de admitirem que estão deprimidas. Ajuda saber que a depressão pode ser provocada pelas alterações químicas que vem junto com o câncer. Não é um sinal de fraqueza, não é culpa de ninguém. A depressão pode ser tratada com medicamentos, psicoterapia ou ambos. O tratamento para a depressão ajuda o paciente a se sentir melhor e a recuperar a sensação de controle e esperança no futuro. Converse com seu médico se você tiver dúvidas ou preocupações sobre a depressão.


Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2020 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive