Categorias


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Amgen Pfizer AstraZeneca Bayer Janssen MSD Mundipharma Takeda Astellas UICC GBT Abbvie Ipsen Sanofi Grunenthal Daiichi Sankyo


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

Com histórico de câncer, Ana Furtado explica por que não está no grupo de risco do coronavírus

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 30/03/2020 - Data de atualização: 30/03/2020


Por conta da pandemia do coronavírus, Ana Furtado disse que tem recebido uma série de mensagens de fãs preocupados ao vê-la apresentando o ‘É de Casa’, na manhã deste sábado (28).

"Depois do último programa, no sábado passado, muitas pessoas mandaram mensagens, pra mim e pra a nossa central de atendimento, preocupadas com a minha participação ao vivo aqui no 'É de Casa', já que eu tive câncer de mama”, contou ela.

Mesmo com histórico de câncer, a mulher de Boninho esclareceu que não faz parte do grupo de risco da doença. Ela conversou com o oncologista Fernando Maluf para esclarecer algumas dúvidas.

“Existe uma pequena parte dos pacientes oncológicos que são realmente grupo de risco. A grande maioria dos pacientes que tiveram diagnóstico de câncer, ou até mesmo alguns que têm, eles não fazem parte do grupo de risco”, disse o especialista.

Maluf afirmou que o primeiro grupo de risco são pacientes com neoplasias ou tumores hematológicos, como linfomas, leucemias e mielomas. Depois, os que estão fazendo tratamento que diminua a imunidade (quimioterapia) e, por fim, pacientes com a doença muito avançada.

"Fora esses três grupos, não existe nenhum dado ou estudo que sugira que os outros pacientes ou que estão remissão da doença, como é o seu caso, ou que estão fazendo tratamento que não diminui a imunidade, que essas pessoas têm algum risco maior ou de infecção ou de complicação”, concluiu ele.

Fonte: Ana Maria Uol

As opiniões contidas nas matérias divulgadas refletem unicamente a opinião do veículo, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte do Instituto Oncoguia.



Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2021 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive