top
Núcleo de

Advocacy

Categorias


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Boehringer Eisai Bayer Janssen MSD ACS Mundipharma Medtronic Takeda Susan Komen Astellas UICC


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

[COLO DE ÚTERO] Diretrizes ainda não têm previsão de criação

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 15/03/2016 - Data de atualização: 15/03/2016


O que houve?

O câncer de colo de útero é o terceiro tipo de tumor mais frequente na população feminina, atrás do câncer de mama e do colorretal, e é a quarta causa de morte de mulheres por câncer no Brasil.

No entanto este tipo de câncer ainda não possui Diretrizes Diagnosticas e Terapêuticas (DDTs) elaboradas pelo Ministério da Saúde. As DDTs são uma espécie de guia para as unidades de saúde de SUS, sobre como devem ser conduzidas suas ações a respeito de uma determinada doença, elas são elaboradas pelo Ministério da Saúde com base em diversos estudos científicos. Em poucas palavras são guias de quais procedimentos diagnósticos e tratamentos os hospitais devem adotar para tratar o paciente.

Diante disso o Oncoguia questionou o Ministério, por meio da Lei de Acesso a informação, sobre intenção de criar as Diretrizes Diagnosticas e Terapêuticas para o Câncer de Colo de Útero e caso positivo, perguntamos sobre a fase em que está a elaboração do documento e a possível data de abertura de Consulta Pública para a participação da sociedade quanto ao tema.

Em resposta o Ministério da Saúde informou que não há ainda DDT e não recebeu até o momento, um pedido para a sua elaboração terapêutica para o câncer do colo do útero. Eles também informaram que saiu recentemente uma consulta pública para as diretrizes brasileiras para o rastreamento do câncer do colo do útero.

E agora?

O Oncoguia continuará acompanhando e cobrando a criação das Diagnosticas e Terapêuticas para o Câncer de Colo de Útero, pois são peças fundamentais para a garantia acesso igualitário no SUS pois elas fazem com que os hospitais se guiem por elas e ofereçam o mesmo tratamento no país inteiro!


Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2017 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive