Tipos de Câncer

Câncer de Vesícula Biliar

Categorias


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Bayer Janssen MSD ACS Mundipharma Takeda Susan Komen Astellas UICC Libbs Healthy Americas GBT Abbvie Ipsen Shire


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

Causas do Câncer de Vesícula Biliar

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 19/06/2013 - Data de atualização: 04/02/2017


Os pesquisadores descobriram vários fatores de risco que tornam uma pessoa mais propensa a desenvolver câncer de vesícula biliar. Atualmente se tem um melhor entendimento de como alguns desses fatores de risco podem levar ao câncer de vesícula biliar.

A inflamação crônica é a principal causa do câncer de vesícula biliar. Por exemplo, uma pessoa com cálculos biliares, pode liberar a bile mais lentamente. Isto significa que as células da vesícula biliar estão expostas aos produtos químicos da bile por mais tempo que o usual. Isto pode levar à irritação e inflamação.

Outro exemplo, anomalias nos ductos que transportam os líquidos produzidos na vesícula biliar e no pâncreas para o intestino delgado que podem causar refluxo para a vesícula e vias biliares. Este refluxo dos sucos pancreáticos pode irritar as células que revestem a vesícula e dutos biliares provocando inflamação. Isto pode alterar as células, o que por sua vez pode aumentar o risco de câncer.

Os pesquisadores começaram também a entender como a inflamação pode levar a algumas alterações no DNA das células, levando-as a se desenvolverem de forma anormal.

Os genes que ajudam no crescimento e divisão celular são denominados oncogenes. E os genes que retardam a divisão celular ou levam as células à morte no momento certo são chamados de genes supressores de tumor. O câncer pode ser causado por alterações do DNA que ativam os oncogenes ou desativam os genes supressores de tumor. Para que uma célula se torne cancerígena é necessário que ocorram mutações em vários genes diferentes.

Algumas pessoas herdam mutações no DNA de seus pais, o que aumenta muito o risco de certos tipos de câncer. Mas, acredita-se que mutações genéticas hereditárias não sejam uma das causas do câncer de vesícula.

As mutações genéticas relacionadas ao câncer de vesícula biliar são normalmente adquiridas durante a vida. Por exemplo, alterações adquiridas no gene supressor de tumor da proteína TP53 são encontradas na maioria dos casos de câncer de vesícula biliar.

Outros genes que podem desempenhar um papel importante no câncer de vesícula biliar são KRAS, BRAF, CDKN2 e HER2. Algumas das alterações genéticas que levam ao câncer de vesícula biliar podem ser causadas por inflamação crônica. Mas às vezes a causa dessas alterações é desconhecida. Muitas mudanças nos genes podem ser apenas eventos aleatórios que às vezes ocorrem dentro de uma célula, sem uma causa externa.

Fonte: American Cancer Society (05/02/2016)


Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2019 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive