Tipos de Câncer

Câncer de Tireoide

Categorias


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Bayer Janssen MSD Mundipharma Astellas UICC Libbs GBT Abbvie Ipsen Sanofi Grunenthal Daiichi Sankyo


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

Causas do Câncer de Tireoide

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 07/04/2015 - Data de atualização: 26/11/2019


O câncer de tireoide está relacionado com uma série de condições hereditárias, mas a causa exata da maioria dos cânceres de tireoide ainda não é conhecida.

Certas alterações no DNA de uma pessoa podem tornar as células da tireoide cancerígenas. O DNA contêm as instruções genéticas que coordenam o desenvolvimento e funcionamento de todas as células. Normalmente, as pessoas se parecem com seus pais, porque eles são a fonte de seu DNA. Entretanto, o DNA também pode influenciar o risco de desenvolver certas doenças, como alguns tipos de câncer.

Alguns genes contêm instruções para controlar o crescimento e divisão das células. Os genes que promovem a divisão celular são chamados oncogenes. Os genes que retardam a divisão celular ou levam as células à morte no momento certo são chamadas de genes supressores de tumor. Os cânceres podem ser causados por alterações do DNA que se transformam em oncogenes ou desativam os genes supressores de tumor.

As pessoas herdam duas cópias de cada gene, um de cada pai, podendo herdar um DNA danificado de um ou ambos os pais. Entretanto, a maioria dos tipos de câncer não são causados por alterações genéticas hereditárias. Nesses casos, os genes alterados ocorrem durante a vida de uma pessoa, por exemplo, devido a algo no ambiente, como radiação, ou podem ser apenas eventos aleatórios que às vezes acontecem dentro de uma célula, sem uma causa externa.

Câncer de tireoide papilífero

Foram encontradas várias mutações no DNA do câncer de tireoide papilar. Muitos desses cânceres têm mudanças em partes específicas do gene RET. A forma alterada desse gene, conhecida como oncogene PTC, é encontrada em 10 a 30% dos cânceres de tireoide papilífero e de uma maior porcentagem destes cânceres em crianças e/ou relacionada com a exposição às radiações. As mutações RET geralmente são adquiridas durante a vida de uma pessoa. Elas são encontradas apenas em células cancerígenas e não são transmitidas  para os filhos do paciente.

Muitos tipos de câncer de tireoide papilar têm o gene BRAF mutado. A mutação BRAF é menos comum em cânceres de tireoide em crianças e naqueles pacientes em que a doença se desenvolve a partir da exposição à radiação. Os cânceres com alterações BRAF tendem a crescer e se disseminar mais rapidamente para outras partes do corpo.

Ambas mutações BRAF e RET/PTC fazem com que as células cresçam e se dividam. É extremamente raro que cânceres papilíferos tenham mutações tanto no BRAF e no RET/PTC. Alguns médicos recomendam que as amostras de biópsia da tireoide sejam estudadas quanto a essas mutações genéticas, não só para ajudar no diagnóstico, como também para avaliar o prognóstico do paciente.

Alterações em outros genes também têm sido associadas ao câncer de tireoide papilífero, incluindo os do gene NTRK1.

Câncer de tireoide folicular

As alterações adquiridas no oncogene RAS, bem como as mudanças no rearranjo PAX8-PPAR-γ, podem causar alguns tipos de câncer de tireoide foliculares.

Câncer de tireoide anaplásico

Estes cânceres tendem a ter algumas das mutações mencionadas acima e muitas vezes têm alterações no gene supressor de tumor TP53.

Câncer de tireoide medular

Pacientes com câncer de tireoide medular têm mutações em diferentes partes do gene RET, quando comparados aos pacientes com carcinoma papilífero. Quase todos os pacientes com essa mutação hereditária e cerca de 10% com a forma não hereditária têm uma mutação no gene RET. A maioria dos pacientes com câncer de tireoide medular esporádico têm mutações genéticas apenas em suas células cancerígenas. Aqueles com câncer de tireoide medular familiar e MEN 2 herdaram a mutação RET de um dos pais. Essas mutações estão presentes em todas as células do corpo do paciente e podem ser diagnosticadas por exames genéticos.

Fonte: American Cancer Society (14/03/2019)



Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2022 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive