Categorias


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Amgen Pfizer AstraZeneca Bayer Janssen MSD Mundipharma Takeda Astellas UICC GBT Abbvie Ipsen Sanofi Grunenthal Daiichi Sankyo


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

Câncer de próstata pode atingir 1.380 capixabas até o final do ano, aponta Inca

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 04/11/2020 - Data de atualização: 04/11/2020


O movimento Novembro Azul chama a atenção dos homens para os cuidados com a saúde, em especial, para o câncer de próstata. O Instituto Nacional de Câncer (Inca), estima que, somente no Espírito Santo, cerca de 1.380 capixabas sejam diagnosticados com a doença até o final deste ano.  

De acordo com o Instituto Oncoguia, aproximadamente 80% dos homens são diagnosticados com câncer de próstata após os 65 anos. A oncologista Carolina Conopca explica que são raros os casos da doença em homens com menos de 40 anos. 

“Estudos comprovam que o risco de desenvolvimento da doença aumenta de acordo com a idade. Os casos de câncer de próstata em homens mais novos estão associados ao histórico familiar. Sendo assim, se algum parente próximo tenha adquirido a doença ou mesmo outros cânceres, como do pâncreas ou de mama antes dos 60 anos, as chances aumentam”, explicou. 

A obesidade, o sedentarismo e o aumento da idade podem ser fatores de risco para a doença. Há ainda fatores genéticos relacionados a um gene hereditário, passado de pai para filho. Quem tem histórico familiar deve ficar ainda mais atento. Além disso, homens negros têm mais chances de desenvolver a doença. 

Os dados do Inca apontam ainda para a probabilidade de cura de cerca de 90% quando a doença é diagnosticada de forma precoce. A detecção pode ser feita por meio da investigação clínica, que é uma estratégia para encontrar o tumor ainda em fase inicial e, assim, facilitar o tratamento e a cura.

A oncologista ressalta a importância de combater e enfrentar o preconceito acerca deste assunto. “A melhor forma para prevenir ou detectar o câncer de próstata é realizar anualmente, a partir dos 45 anos de idade, o exame de toque retal e o de sangue, para avaliar a dosagem do PSA (antígeno prostático específico). Apesar de ser cercado de preconceito e evitado por grande parte dos homens, o toque retal tem uma importância enorme, pois é por meio dele que o urologista consegue perceber a presença de um nódulo maligno”, argumentou. 

A campanha é fundamental para conscientizar a população masculina a utilizar todas as alternativas disponíveis para vencer o câncer de próstata e proporcionar maior acesso e conhecimento sobre os serviços de prevenção, diagnóstico precoce e tratamento.

Matéria publicada por Folha Vitória em 04/11/2020.



Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2021 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive