Categorias


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Bayer Janssen MSD ACS Mundipharma Takeda Susan Komen Astellas UICC Libbs Healthy Americas GBT Abbvie Ipsen Shire


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

Câncer de mama masculino: informação para reduzir a mortalidade!

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 17/09/2019 - Data de atualização: 17/09/2019


Homens e mulheres possuem tecido mamário. Mesmo que os homens não desenvolvam mamas, as células de tecido mamário de um homem podem desenvolver câncer. Muitas pessoas não sabem disso. E, embora o câncer de mama masculino seja raro, representando apenas 1% do total de casos da doença, a mortalidade entre os homens é maior do que entre mulheres, exatamente porque o nível de conscientização sobre o assunto é escasso.

Fatores de risco, sinais e sintomas
Os principais fatores de risco são exposição à radiação, níveis altos do hormônio estrogênio e histórico familiar. O tumor geralmente é detectado como um nódulo endurecido abaixo do mamilo/aréola. Somente a realização de biópsia pode confirmar o diagnóstico.

Por serem menos propensos a admitir a possibilidade de tratar-se de neoplasia de mama, os homens creem tratar-se de um processo inflamatório ou trauma local. Há ainda os que têm vergonha quando encontram um nódulo e não procuram assistência médica. Isso retarda o diagnóstico e reduz as chances de sucesso no tratamento.

Tratamentos e teste genético
As opções de tratamento do câncer de mama masculino são as mesmas oferecidas às mulheres: cirurgia, radioterapia, quimioterapia e terapias hormonais. 

Por ser um tipo de câncer raro entre homens, é aconselhável que se realize o teste genético para identificar possíveis genes mutados – sendo os mais comuns o BRCA1 e o BRCA2 – identificando riscos potenciais para os descendentes. Além disso, homens que possuem esses genes alterados têm mais risco de desenvolver tumores de próstata em uma idade mais jovem do que a faixa etária em quem usualmente tem o diagnóstico deste tipo de câncer. 

Diagnosticar o câncer de mama cedo aumenta as chances de um tratamento bem-sucedido. Porém, pela sua raridade, não há indicação para que os homens realizem rastreamento do câncer de mama, por exemplo, com mamografias. Dessa forma, é importante que a população masculina fique atenta a alterações na região. Como os homens têm pouco tecido mamário, é mais fácil de observar ou sentir pequenas massas (tumores). Não deixe de procurar o mastologista caso perceba alguma alteração.

Fonte: Veja

As opiniões contidas nas matérias divulgadas refletem unicamente a opinião do veículo, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte do Instituto Oncoguia.



Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2019 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive