top

Categorias


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Boehringer Eisai Bayer Janssen MSD ACS Mundipharma Medtronic Takeda Susan Komen Astellas UICC


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

Câncer de mama e escolhas alimentares

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 13/03/2017 - Data de atualização: 13/03/2017


Câncer de Mama é um dos tipos de câncer que mais atinge as MULHERES no mundo e até por isso tão temido entre elas. Entretanto é uma patologia que também pode acometer os homens, mas isto é MUITO RARO.

Há muitos tipos de CÂNCER DE MAMA com evolução e tratamento distintos.
Diagnostico e tratamento precoce são muito importantes para o bom prognóstico da doença. Porém, a PREVENÇÃO ainda é o melhor REMÉDIO.

Falando em prevenção, fatores de risco para o desenvolvimento do câncer de mama devem ser considerados e, dentre eles, destacam-se os aspectos ambientais, nos quais os FATORES DIETÉTICOS são muito importantes.

Vale ressaltar que, intervenções a fatores de risco modificáveis, como alimentação e também tabagismo, álcool, drogas e sedentarismo trazem benefícios para a saúde como um todo e não exclusivamente no combate ao câncer de mama.

Sem dúvida, a adoção de uma alimentação saudável aliada à prática de atividade física são essenciais quando se fala em prevenção e redução do risco de recorrência do câncer de mama.

Uma alimentação saudável se baseia no consumo diário de frutas, vegetais, grãos integrais e outros fitoquímicos vindos de plantas que atuam na prevenção e controle desse tipo de doença.

Alimentos como alho, cúrcuma (presente no açafrão), gengibre e ervas em geral devem fazer parte do preparo da nossa alimentação, pois neles encontramos fotoquímicos capazes de induzir a morte das células cancerígenas evitando o tumor.
Podemos cozinhar os alimentos com muitas ervas e temperos naturais e no final da preparação acrescentar sal marinho moído na hora.

Couve, brócolis, repolho, couve-flor são denominados crucíferas, alimentos que desempenham papel fundamental na proteção contra o câncer.

Os ácidos graxos ômega 3, encontrados principalmente nos peixes, devem ser utilizados, pois estão relacionados com redução de câncer de mama. Exemplifico aqui o salmão, mas também a sardinha.

Outros peixes pequenos e magros também podem ser consumidos, assim como frango e ovo, porém sempre cozidos ou assados em baixa temperatura.

IMPORTANTE - não fritar os alimentos porque óleo em alta temperatura oxida e origina substâncias cancerígenas. O azeite de oliva extravirgem deve ser incluído na alimentação diária, usado preferencialmente sem aquecer, pois assim mantém os seus polifenóis, que são os protetores, inclusive por diminuírem a expressão dos genes pró-carcinogênicos.

Também a redução de outros tipos de gorduras na alimentação é fundamental. Reduzir gordura saturada, que é a gordura aparente de carnes e a gordura do leite e derivados. Assim como, reduzir também o excesso de óleos vegetais, principalmente aquecidos, como é o caso de óleo de soja, de girassol, de milho.

Também devem ser evitados doces à base de cremes e leite gordo, biscoitos recheados e salgadinhos, embutidos em geral e também as frituras.

As castanhas e nozes são ricas em gorduras insaturadas e minerais, assim como o selênio, importantes na prevenção do câncer. São alimentos caros, mas podem ser incluídos em pequena quantidade. Use de 10 a 30 gramas/dia de castanhas.

As fibras são fundamentais para o bom funcionamento intestinal e melhora da microbiota. O consumo diário de 4 a 6 frutas melhora o aporte de fibras, bem como vitaminas e minerais.

O açúcar é um alimento a ser evitado o máximo possível, inclusive porque estará ajudando na prevenção da obesidade e manutenção de um peso saudável, que é uma medida fundamental para proteger contra o câncer de mama entre outras doenças.

O chá verde pode ser consumido na forma de uma infusão, pois ele tem catequinas, com grande ação antioxidante e anti-inflamatória, importante papel na prevenção do câncer.

O estresse pode trazer muitos malefícios. Exercícios físicos são comprovadamente benéficos neste contexto.

Enfim, em comemoração ao mês das mulheres ou não, a ideia é ter uma alimentação saudável sempre.

Fonte: G1

Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2017 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive