Categorias


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Bayer Janssen MSD ACS Mundipharma Takeda Susan Komen UICC Libbs Healthy Americas GBT Abbvie Ipsen Shire


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

Câncer bucal: Araraquara faz campanha de prevenção contra a doença

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 27/04/2018 - Data de atualização: 27/04/2018


Até o dia 1º de junho, Araraquara (SP), realiza a Campanha de Prevenção e Diagnóstico Precoce do Câncer Bucal, que teve início na segunda-feira (23) nas unidades de saúde, junto com a campanha nacional de vacinação contra a gripe.

Durante este período, e no sábado, dia 12 de maio, serão realizados exames bucais nas unidades da Secretaria da Saúde que disponham de atendimento odontológico. Além do exame, o cirurgião dentista dará orientações sobre o tema para as pessoas que queiram passar pelo procedimento.

Os que apresentarem problemas bucais diagnosticados durante esta campanha serão agendadas para atendimento no Centro de Especialidades Odontológicas (CEO) de Araraquara para, se for o caso, iniciar o tratamento.

O objetivo do exame é aumentar o índice de diagnóstico precoce do câncer bucal, de lesões potencialmente malignas e de valorizar a importância da prevenção e do autoexame.

Riscos

Is principais fatores de risco para o câncer bucal são: ingestão crônica de bebidas alcoólicas, o uso de tabaco e exposição prolongada à radiação solar.

Segundo levantamento do Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (Inca), ao menos 14,7 mil pessoas, sendo 11,2 mil homens e 3,5 mil mulheres, já foram diagnosticadas com a doença este ano no país.

Quando fumo e álcool estão associados, o risco de desenvolver a doença é maior e, nos casos de câncer de lábio, a exposição solar é o principal fator, seguido do fumo.

O câncer bucal é a doença que afeta lábios e o interior da cavidade bucal. Dentro da boca devem ser observados gengivas, mucosa jugal (bochechas), palato duro (céu da boca), língua (principalmente as bordas), assoalho (região embaixo da língua) e amígdalas.

A maioria dos casos é diagnosticada tardiamente, o que torna o prognóstico desfavorável e os tratamentos mutilantes e paliativos. O diagnóstico de câncer de boca, quando realizado no estágio inicial, pode ser curável.

Como evitar

Para prevenir o câncer bucal, deve-se evitar o fumo, a bebida alcoólica em excesso e proteger os lábios contra os raios solares, usando protetor labial com filtro solar. Além disso, é necessário alimentar-se de maneira saudável e realizar o autoexame da boca todo mês.

Qualquer alteração que ocorrer na boca, como feridas que não cicatrizam num período de até 15 dias e não apresentem dor, manchas brancas, vermelhas ou pardas, aumento de volume como "caroços, carnes crescidas e/ou bolinhas”, deve-se procurar o cirurgião-dentista para esclarecimento.

Fonte: G1 São Carlos e Araraquara

As opiniões contidas nas matérias divulgadas refletem unicamente a opinião do veículo, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte do Instituto Oncoguia.

Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2019 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive