Categorias


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Bayer Janssen MSD Mundipharma Takeda Astellas UICC GBT Abbvie Ipsen Danone Nutricia Sanofi Grunenthal Sirtex Servier Oncologia


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

Campanha Dezembro Laranja alerta para os perigos do câncer de pele

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 17/12/2020 - Data de atualização: 17/12/2020


O mês de dezembro marca a chegada do verão e, com ele, o cuidado especial com o excesso de exposição à luz do sol.

O Cristo se bronzeou. Ao longo do mês, outros monumentos do país também vão ganhar uma cor. É um alerta dos dermatologistas. A radiação solar, sem proteção, pode provocar o câncer de pele, e o diagnóstico precoce é fundamental. Quando a doença é descoberta cedo, a chance de cura é de 90%. Se demora, cai para 40%.

Por isso é tão importante procurar um dermatologista quando se percebe uma lesão ou pinta suspeita na pele. Só que, em 2020, até setembro, os exames feitos pelo SUS para diagnosticar o câncer de pele caíram praticamente pela metade. Foram 210 mil nos nove primeiros meses de 2019 e menos de 110 mil em 2020. É o pior número da década.

Em alguns hospitais, a demora em procurar ajuda médica já cobra o preço. O médico João Duprat, diretor de Oncologia do Hospital A.C. Camargo, conta que muitos pacientes esperaram demais e chegaram para o tratamento em um estágio avançado da doença.

“Cirurgias maiores, o hospital está cheio de pacientes de casos piores e, além disso, claro que acaba tendo uma sobrecarga, pequena que seja, de pacientes de Covid. Acaba ficando uma situação pior”, disse.

A empresária Maristela Correia Pereira não levou muito a sério uma pinta na perna. Só procurou ajuda porque a família estranhou que a pinta estava mudando de forma e tamanho. Acabou descobrindo um melanoma, o tipo mais grave de câncer, e passou por uma cirurgia.

“Graças a Deus, o meu, apesar de ter sido muito adiantado, eu me sinto totalmente curada. Agora, tem muita gente que não consegue chegar nesse ponto e, quando você vê, por causa de uma simples pinta em uma panturrilha, morre”, disse a empresária.

A campanha Dezembro Laranja, alertando para os perigos do câncer de pele, acontece todo ano. Desta vez, em vez de atendimento médico, vai ser propaganda digital e com a participação de crianças.

“Porque a gente quer estimular esse uso da proteção solar e colocar isso já na cabeça das pessoas já desde a infância”, explica Jade Cury, coordenadora de Oncologia da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

A Sociedade Brasileira de Dermatologia recomenda o uso de protetor solar, bonés e chapéus para se proteger do sol. Todos os anos, 185 mil novos casos de câncer de pele são registrados; é o tumor maligno mais comum no país.

“Tem uma ferida que está tendo sangramento, você está preocupado que aquilo não é normal, uma pinta que está mudando. Põe máscara, álcool gel. E, de uma maneira geral, boa parte dos hospitais têm sido mais seguros do que supermercados, porque quem está aqui está tomando todo o cuidado possível com a contaminação”, diz João Duprat.

Fonte: Jornal Nacional

As opiniões contidas nas matérias divulgadas refletem unicamente a opinião do veículo, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte do Instituto Oncoguia.

Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2021 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive