top

Categorias


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Boehringer Eisai Bayer Janssen MSD ACS Mundipharma Takeda Susan Komen Astellas UICC Libbs Healthy Americas


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

Boca Seca

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 24/03/2013 - Data de atualização: 24/03/2013


O tratamento do câncer tem por finalidade a cura ou alívio dos sintomas da doença. Os tratamentos com medicamentos (quimioterapia, terapia alvo, hormonioterapia), cirúrgicos e radioterápicos podem provocar efeitos colaterais que variam de paciente para paciente dependendo de múltiplos fatores, podendo ser diferentes quanto a intensidade e duração. Alguns pacientes poderão apresentar efeitos colaterais mais severos, outros mais leves ou mesmo não apresentar qualquer efeito colateral. Em caso de você apresentar algum efeito colateral devido ao tratamento que está realizando procure imediatamente seu médico para receber as orientações necessárias para seu caso.

Boca seca ocorre quando as glândulas salivares não produzem saliva suficiente para manter a boca úmida. Como a saliva é necessária para a mastigação, deglutição, degustação, e o ato de falar, essas atividades podem se tornar mais difíceis.

Causas

A boca seca pode ser causada pela quimioterapia ou radioterapia, que prejudicam as glândulas salivares. A boca seca causada pela quimioterapia torna a saliva mais espessa, provocando a sensação de secura, que geralmente é temporária e se reverte de duas a oito semanas após o término do tratamento.

A radioterapia da região da cabeça e pescoço também pode causar secura na boca. Após o fim do tratamento radioterápico pode demorar seis meses ou mais para as glândulas salivares voltarem a produzir saliva. Apesar de alguma melhora os pacientes podem apresentar secura durante o primeiro ano após o tratamento radioterápico, e muitos vão continuar a ter algum nível de secura por tempo indeterminado, principalmente se a radioterapia foi dirigida às glândulas salivares.

Boca seca e ferida na boca, também, pode ser causada quando é realizado o transplante da medula óssea. Além disso, alguns tipos de medicamentos, incluindo antidepressivos, diuréticos e analgésicos, podem causar boca seca. A boca seca também pode ser o resultado de uma infecção na boca ou desidratação.

Sinais e Sintomas

  • Sensação seca e desagradável na boca.
  • Saliva densa e fibrosa.
  • Dor ou sensação de queimação na boca ou na língua.
  • Rachaduras nos lábios ou nos cantos da boca.
  • Língua seca e rígida.
  • Dificuldade para mastigar, degustar, ou engolir.
  • Dificuldade ao falar.
  • Dificuldade para usar dentaduras.
  • Úlceras ou infecções na boca.
  • Cárie dentária.

Problemas Associados

Além da dificuldade de comer e falar, a boca seca pode causar problemas dentários. A saliva ajuda a manter o equilíbrio das bactérias na boca e protege contra infecções e cáries. Sem saliva o suficiente, as bactérias e outros organismos podem crescer muito rapidamente na boca, causando infecções e feridas. A saliva lava os ácidos e partículas de alimentos deixados na boca após a alimentação. Portanto, a falta de saliva pode causar cáries e doenças gengivais.

Manejo

Embora a boca seca não possa ser impedida, alguns tratamentos podem ajudar. Pacientes que fazem radioterapia na cabeça ou pescoço podem ter que usar um medicamento radioprotetor, que reduz a severidade da boca seca.

Algumas dicas para ajudar na prevenção da secura bucal e problemas dentários:

  • Ir ao dentista antes de iniciar o tratamento, radioterápico ou quimioterápico, para verificar a saúde da boca e dos dentes.
  • Escovar os dentes pelo menos quatro vezes por dia, com escova de cerdas macias e creme dental com flúor.
  • Passar fio dental suavemente uma vez por dia.
  • Enxaguar a boca quatro a seis vezes por dia, especialmente após as refeições, com solução de bicarbonato de sódio.
  • Beber pequenos goles de água durante todo o dia e usar saliva artificial para umedecer a boca.
  • Mastigar chiclete sem açúcar ou chupar balas sem açúcar para aumentar o fluxo de saliva.
  • Evitar bochechos com produtos dentários que contenham álcool.
  • Alguns dentistas prescrevem o uso de um gel de flúor para aumentar a produção de saliva.

Dicas para Alimentação

  • Beber pelo menos oito copos de água por dia.
  • Evitar bebidas alcoólicas, com cafeína e sucos ácidos.
  • Comer alimentos macios, úmidos, frios ou à temperatura ambiente.
  • Umedecer os alimentos secos com caldo de carne, molhos, manteiga ou leite.
  • Evitar alimentos secos, ásperos ou duros.
  • Evitar alimentos ácidos ou picantes.
  • Não fumar ou mastigar tabaco.
  • Evitar alimentos pegajosos e bebidas açucaradas.


Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2017 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive