Tipos de Câncer

Câncer de Intestino Delgado

Categorias


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Boehringer Bayer Janssen MSD Takeda Astellas UICC Libbs Abbvie Ipsen Sanofi Daiichi Sankyo GSK Avon Nestlé Servier Viatris


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

Biópsia para Diagnóstico do Câncer de Intestino Delgado

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 23/04/2013 - Data de atualização: 27/03/2017


Certos sinais e sintomas podem sugerir câncer de intestino delgado, mas muitos deles podem ser provocados por outras condições clínicas. A única maneira de ter certeza de que o câncer está presente é fazer uma biópsia. Neste procedimento, uma amostra de tecido da área suspeita é removida e encaminhada para análise de um patologista. O patologista é o médico especializado no diagnóstico de doenças por meio da análise de tecidos com um microscópio.

Existem várias maneiras de se obter uma amostra de um tumor intestinal, uma delas é através do endoscópio. O endoscópio é um instrumento usado para visualizar o interior do corpo. Na extremidade, ele tem lentes (ou uma câmara minúscula) e luz própria, e muitas vezes tem uma ferramenta para remover o tecido.

Em alguns pacientes, cujos tumores não podem ser alcançados com o endoscópio, é necessária a realização de uma biópsia cirúrgica.

Fonte: American Cancer Society (09/02/2016)


Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2022 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive